Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

O primeiro Batmóvel era um carro comum vermelho

19 de outubro de 2021

Em 1939, o roteirista Bill Finger e o artista Bob Kane começaram a publicar “as incríveis e incomparáveis aventuras do Batman”. Logo o Homem Morcego se tornaria um fenômeno da cultura pop. Quatro anos depois do lançamento dos quadrinhos, o Cruzado de Capa chegou aos cinemas, lançado em forma de seriado, com 15 episódios. Foi a primeira vez que a Batcaverna apareceu e o Batmóvel era apenas um carro comum.

Prev 1 of 1 Next
Prev 1 of 1 Next

No início, o carro do Batman era simples e vermelho. Não tinha as bugigangas que vemos hoje. Ele só foi chamado de Batmóvel em 1941, com um motor super potente e uma frente capaz de derrubar portas e paredes. Quando Batman ganhou uma revista própria, o ilustrador Jerry Robinson desenhou um Batmóvel escuro, combinando velocidade, estilo e força bruta. Virou referência para todos os carros que viriam depois.

Em 1943, o Batmóvel apareceu pela primeira vez na capa dos quadrinhos. Depois de ser destruído em uma perseguição, em 1950, foi reconstruído por Batman “dez anos à frente de qualquer coisa sobre rodas”. Pulando para 1966, a série de TV de Batman e Robin hipnotizou uma geração de jovens telespectadores. Um dos destaques deste Batman exagerado e divertido eram os vilões interpretados por alguns dos maiores nomes de Hollywood. Foi aí que o Batmóvel virou um ícone.

Já com o quadrinho “O Cavaleiro das Trevas”, em 1986, Frank Miller redefiniu a história e promoveu grandes mudanças. Uma delas é que o Batmóvel se transformou em um tanque de guerra. De volta ao cinema em 1989, Batman ganhou uma visão mais sombria com a direção de Tim Burton. O Batmóvel combinava força bruta e design elegante.  Em 2005, a trilogia dos filmes de Christopher Nolan trouxe uma concepção do Batmóvel muito parecida com a de “O Cavaleiro das Trevas”, com um visual mais potente e agressivo.

Web Stories

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Os diferentes tipos de mangás e animês

Os diferentes tipos de mangás e animês

Tanto os mangás (as histórias em quadrinhos japonesas) quanto os animês (os desenhos animados japoneses) são classificados inicialmente a partir do público-alvo e da faixa etária. Silvio Alexandre, especialista no tema, apresenta as principais subdivisões: [yotuwp...

Marvel X DC: guerra de personagens

Marvel X DC: guerra de personagens

Com a estreia de "Gavião Arqueiro", a nova série do Universo Cinematográfico Marvel, voltaram as discussões sobre as semelhanças entre diversos personagens da Marvel e da DC Comics, duas das principais empresas de quadrinhos do mundo e concorrentes há muitos anos....

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
Você conhece o axolote, o “monstro aquático”? As pioneiras da ficção Científica A bandeira brasileira com uma estrela vermelha Futebol e guerra