Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Grampo para cabelos

24 de abril de 2019

 

  1. Um pino comprido, reto e decorativo, era utilizado pelas mulheres gregas e romanas para prender seus cabelos.
  2. Tanto na forma quanto na função, ele reproduzia exatamente as finas espinhas de animais e espinhos de plantas utilizados pelos homens e mulheres primitivos.
  3. Civilizações antigas soterradas da Ásia produziram muitos grampos de cabelo de osso, ferro, bronze, prata e ouro.
  4. Muitos eram achatados, outros decorados, mas todos eles claramente revelam que a forma do grampo se manteve a mesma por 10 000 anos.
  5. O prendedor reto acabou se modificando também para a forma de “U”. Os prendedores com duas pontas – pequeno, feito de aço e pintado de preto – começaram a ser produzidos em massa no século XIX, tornando os prendedores retos de uma ponta realmente obsoletos.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Os melhores perfumes estão nos menores frascos

Os melhores perfumes estão nos menores frascos

Existem também os perfumes Chanel nº 1, 2, 3 e 4? Como funciona o marketing olfativo? O que é aromaterapia? Essas e outras perguntas foram respondidas por Luciene Ricciotti, publicitária especializada em perfumaria e marketing olfativo. É autora de cinco livros, entre...

Ele está em todas as bocas: a curiosa história do batom

Ele está em todas as bocas: a curiosa história do batom

Pintar a boca era um hábito cultivado no Egito. A rainha egípcia Nefertiti mostra que as mulheres já gostavam de pintar os lábios mil anos antes de Cleópatra. Para isso, recorriam aos produtos naturais como a púrpura de Tyr. Já na Grécia, elas costumavam aplicar...

A linha do tempo da história dos perfumes

A linha do tempo da história dos perfumes

Os perfumes estão na sociedade há muito tempo e nunca perdem sua popularidade, mas você conhece a origem deste fenômeno? Descubra agora a evolução dos perfumes desde os tempos primordiais! Perfume para ocular o mau hálito No Antigo Egito: em 2900 a.C., os egípcios...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This