1. A Companhia do Metropolitano de São Paulo, responsável pela construção e gerenciamento dos metrôs, foi instituída no dia 24 de abril de 1968. As obras da primeira linha tiveram início 8 meses depois de sua organização.  METRÔ DE SP
  2. A construção de linhas de metrô foi proposta pela concessionária dos serviços de bonde e de energia elétrica Light em 1927. Ela queria fazer três percursos em parceria com a prefeitura, mas o projeto acabou rejeitado pela Câmara Municipal.
  3. Na inauguração do metrô, em 6 de setembro de 1972, o presidente Emílio Médici se recusou a andar no trem com medo de um ataque de “subversivos”. O general preferiu dirigir a solenidade de um palanque, de onde apertou o botão que colocou o sistema em funcionamento. Muita gente acreditou que tudo aconteceu automaticamente. Na verdade, o botão acionou uma campainha dentro do vagão, avisando ao operador Antônio Lazarini que podia avançar com o veículo.
  4. O sistema só começou a funcionar 2 anos depois de sua inauguração, em 14 de setembro de 1974. A primeira viagem do novo sistema de transporte foi realizada entre as estações Jabaquara e Saúde.
  5. O projeto da linha vermelha (leste-oeste) previa a construção de 7 quilômetros de túneis, que ligariam o bairro Casa Verde à Vila Maria. No final, o trajeto ficou 3 vezes mais longo.
  6. A imensa broca que cavou os túneis para a construção da linha verde do metrô ficou conhecida como Tatuzão. O shield (escudo), verdadeiro nome do equipamento, também foi usado na escavação de um túnel de 366 metros sob o rio Tamisa (Inglaterra), no século 19.
  7. A primeira turma de mulheres operadoras de trens concluiu seu treinamento e iniciou suas atividades em 13 de novembro de 1986.
  8. Em 18 de julho de 2000, foi instalada na Estação Vergueiro a primeira máquina de vendas de bilhetes.
  9. Em 12 de janeiro de 2007, o terreno onde estava sendo construída a estação Pinheiros, da linha amarela, cedeu e provocou um acidente sem precedentes na história do Metrô. Uma cratera de 80 metros de diâmetro engoliu caminhões, casas, ruas e pessoas que passavam pelo local. Ao menos 7 pessoas morrem no acidente e a marginal do Pinheiros teve que ser interditada.