Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Guerra da Iugoslávia

24 de abril de 2019

 

Em 1991, a Croácia se declarou nação independente da Iugoslávia. O governo central não gostou e tentou reprimir a separação, sem resultado. Mesmo assim, os números dos conflitos foram impressionantes: 10 mil mortos, 22 mil feridos e 500 mil desabrigados.

Em seguida, a Eslovênia e a Macedônia também se desmembraram do poder central, praticamente acabando com a Iugoslávia. No ano seguinte, a Bósnia-Hezergovina resolveu tomar a mesma atitude.

Mas na Bósnia-Hezergovina os sérvios (maioria na Iugoslávia) eram minoria. Eles não queriam a independência com medo de sofrer perseguições dos dois outros grupos principais. No plebiscito, os muçulmanos e os croatas votaram a favor da separação da Iugoslávia. A minoria sérvia boicotou a votação. Inútil: o governo liderado por um muçulmano declara a independência. Alguns radicais sérvios iniciam atos de terrorismo à capital, Sarajevo, e, em 5 de abril de 1992, começa a guerra. O conflito só terminou em 1995.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A participação do Brasil na Primeira Guerra Mundial

A participação do Brasil na Primeira Guerra Mundial

Em 26 de outubro de 1917, o presidente Venceslau Brás declarou guerra contra a Alemanha, que afundara três navios brasileiros:  o Paraná (no canal da Mancha, em abril), o Tijuca (no litoral francês, em maio) e o Macau (no litoral espanhol, em outubro). Os 46 navios...

10 curiosidades sobre a Guerra de Canudos

10 curiosidades sobre a Guerra de Canudos

1. O cearense Antônio Vicente Mendes Maciel (1830-1897), professor primário, comerciante e advogado, sofreu uma grande decepção que mudou sua vida. Sua mulher, Brasilina, fugiu de casa com outro homem. A partir daí, ele iniciou uma...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This