Bomba, bomba, bomba! A notícia mais importante de hoje é a morte do milionário Bruce Wayne. O helicóptero em que ela viajava explodiu e seu corpo desapareceu. A edição “Batman R.I.P.”, lançada na quarta-feira nos Estados Unidos, traz a terrível história. Wayne morreu ou não morreu? A morte do Batman já vinha sendo comentada por sites e blogs especializados há quase um ano. Agora os fãs discutem se é jogada de marketing da DC Comics, se Robin assumirá seu lugar ou se Batman voltará como um semideus.

É difícil acreditar no fim de um personagem de tantas revistas, desenhos animados e também filmes. Acontece que as sagas dos super-heróis estão cada vez mais complexas, difíceis até de acompanhar. Achei na internet uma revista lançada pela Ebal em 1980 chamada “A Morte de Batman”. Portanto, a ideia não é tão nova assim.

O meu Batman preferido continua sendo Adam West no seriado dos anos 60. Aquele Homem-Morcego escapou das mortes diversas vezes. A mais tosca de todas foi o ataque de um tubarão quando ele também estava a bordo de um helicóptero. Sei que o momento é de tristeza para os fãs, mas vale a pena rever essa cena.