Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

15 curiosidades sobre Jornada nas Estrelas

24 de abril de 2019
  1. Antes de criar a série, Gene Roddenberry foi piloto de avião na Força Aérea Americana e na Pam Am, e trabalhou no Departamento de Polícia de Los Angeles.
  2. O primeiro programa que ele roteirizou e produziu chamava-se “The Lieutenant” (“O Tenente”) e durou 29 episódios. DeForest Kelley interpretava o personagem principal, um tenente da marinha que vivia às voltas com questões polêmicas envolvendo o exército norte-americano. O ator também participou de Jornada nas Estrelas como o médico Leonard McCoy.
  3. Uma das maiores colaboradoras de Roddenberry na redação dos episódios de Jornada foi sua secretária, Doroty Fontana.
  4. O piloto feito para o canal NBC foi rejeitado a princípio porque continha uma mulher entre os personagens da ponte de comando (Majel Barrett, que interpretava a primeira oficial da nave Enterprise). Os executivos da emissora também não gostaram da aparência de Spock, considerada “maligna”, e acharam a história muito pesada. Apesar de ter sido descartado, cenas do piloto foram utilizadas posteriormente no episódio The Managerrie.
  5. Apenas Leonard Nimoy e Majel Barrett, do antigo time de atores, participaram da gravação do segundo piloto. A NBC o exibiu durante a convenção de Ficção Científica de Cleveland, nos Estados Unidos. Onde Nenhum Homem Jamais Esteve deu início à primeira fase da série, que teve três temporadas com 79 capítulos até ser cancelada. Roddenberry se afastou do projeto no último ano, porque se desentendeu com os executivos da emissora.
  6. A atriz Grace Lee Whitney fez parte do elenco por apenas 13 episódios. Alegou-se que sua personagem, Janice Rand, estava se tornando amante fixa do Capitão Kirk, cujos casos deveriam mudar todas as semanas. Na verdade, Grace estava com sérios problemas de saúde.
  7. O programa foi o primeiro a exibir um beijo inter-racial na televisão. O fato ocorreu no episódio Os Herdeiros de Platão.
  8. Em 1972, dois executivos da Filmation decidiram realizar uma versão animada de Jornada. Gene Roddenberry manteve o controle criativo, Doroty Fontana assumiu as funções de produtora e os próprios atores, com exceção de Walter Koening, foram convidados para dublar as vozes dos personagens. Mesmo sendo um desenho animado adulto, os episódios eram veiculados às 10 horas da manhã e custavam 75 mil dólares para serem feitos.
  9. Durante o projeto, a dublagem do Tentente Arex e de diversos alienígenas ficou a cargo de James Doohan. Ele também escreveu uma das histórias: The Infinite Vulcan. Majel Barret se responsabilizou pela gravação das vozes da Tenente M’Ress, do computador da Enterprise e dos extra-terrestres femininos.
  10. O nome do meio do Capitão Kirk “Tiberius” foi pronunciado pela primeira vez durante o episódio da série animada Bem.
  11. Jornada nas Estrelas – O Filme utilizou partes de quinze roteiros criados por Roddenberry para uma nova fase da série televisiva. O projeto, que havia sido engavetado, previa a substituição de Spock, que se recusou a participar, porque estava processando a Paramount, responsável pela ideia, por uso indevido da imagem.
  12. Também saíram destes roteiros os personagens Deanna Troi e Willian T. Riker da série Jornada nas Estrelas – A Nova Geração.
  13. Diana Muldaur, que fez a Dra. Pulaski em A Nova Geração, já tinha participado de dois episódios da série clássica: como Dra. Ann Mullhall (2º ano) e Dra. Miranda Jones (3º ano).
  14. Em 12 de fevereiro de 2005, o estúdio Paramount Pictures anunciou o fim de Enterprise, quinta série relacionada à Jornada nas Estrelas. Pela primeira vez em 18 anos, nenhum novo filme ou seriado foi produzido para substituir a atração que saiu do ar. Entre 1966, ano em que a série clássica estreou na televisão, e 2005, a Paramount fez 624 horas de Jornadas.
  15. O ator James Doohan, que interpretava o engenheiro Scotty, morreu em 20 de julho de 2005. Antes de falecer, ele pediu à família que lançasse suas cinzas no espaço. Seu desejo acabou sendo atendido: a Space Services cuidou dos preparativos para que os restos mortais de Doohan embarcassem no foguete Falcon 1.

Leia também:
Como Shakespeare inspirou os criadores de “Star Trek”
Jornada nas Estrelas 50 anos: receitinhas para um banquete trekker
Qual é o tamanho na nave Enterprise, “de Jornada Nas Estrelas”?
O lado vulcano-musical do Sr. Spock

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Duna: o best-seller da ficção científica

Duna: o best-seller da ficção científica

O romance "Duna", do americano Frank Herbert (1920-1986), lançado em agosto de 1965, começou a ser publicado em três edições da revista "Analog", em 1963 e 1964.  A obra já foi adaptada por David Lynch para o cinema em 1984 e depois para uma minissérie de TV em 2000...

Por que Ultraman está no Livro dos Recordes?

Por que Ultraman está no Livro dos Recordes?

Ultraman é um ícone da cultura pop japonesa. Foi o primeiro herói de tokusatsu (filme de efeitos especiais) a ganhar notoriedade no Japão e no mundo afora. O primeiro lançamento da série Ultra foi “Ultra Q“, de 1966, que teve 28 episódios. Foi inspirada em “Além da...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This