Em 2018, foi lançado no Brasil o livro “Lost in Translation: um compêndio ilustrado de palavras intraduzíveis de todas as partes do mundo”, da inglesa Ella Frances Sanders, pela editora Raposa Vermelha.

Pois “saudade” foi escolhida por ela para representar a nossa língua no livro, que tem 50 expressões que só podem ser traduzidas com uma única palavra num único país. Tudo começou a partir de um pequeno blog criado por ela. Sanders procurava pelas “palavras sem tradução” sozinha, navegando pela internet e xeretando em outras obras que tratavam do assunto. “Encontrei uma lista de 200 palavras em potencial, e então escolhi aquelas que traduziam sentimentos universais, e que poderiam render bons desenhos”, contou Ella ao Blog do Curioso.

O checador de fatos Gilmar Lopes, criador do site E-Farsas, foi investigar se essa história de “saudade” é verdadeira ou farsa.

Leia também: Expressões que só podem ser traduzidas com uma única palavra num único país