Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Os programas mais curiosos dos 70 anos da TV brasileira

15 de abril de 2021

Em 70 anos de vida, a televisão brasileira produziu todo tipo de programa. Incluindo alguns bem curiosos pelo conceito, pelo conteúdo ou apenas pelo seu nome. O especialista Magalhães Júnior preparou uma lista com nove deles:

Prev 1 of 1 Next
Prev 1 of 1 Next

“Gafe e Etiqueta”
Escrito, produzido e apresentado pelo jornalista Marcelino de Carvalho, especialista em etiqueta social. Foi criado em 1962 pela TV Paulista. O programa mudaria de nome em 1965 para “Show de Gafes”.

“No Mundo das Pernas”
Exibido pela TV Record, em 1956, e patrocinado por uma marca de meias femininas. Era apresentado por Maria Della Costa, uma das atrizes mais conceituadas no teatro na época. O programa apresentava um desfile de candidatas usando maiô e os jurados elegiam aquela que tinha as mais belas pernas.

“Futebol Dente de Leite”
Criado em 1969 pelos jornalistas esportivos Roberto Petri e Ely Coimbra. No final do ano, com os campeonatos em recesso, a TV Tupi exibia nas tardes de sábado jogos de times com jogadores até 14 anos. O primeiro campeonato revelou o jogador Muricy Ramalho, que depois de tornaria ídolo no São Paulo.

“Desafio ao Galo”
A partir de 1972, nas manhãs de domingo na TV Record. Eram jogos de futebol de várzea, transmitidos ao vivo do campo do CMTC Clube. Revelou jogadores como Casagrande e César Sampaio. O time que vencesse a partida tornava-se “galo” e retornava na semana seguinte para um novo desafio.

“Os Grandes Erros Judiciários da História”
Criado em 1959, na TV Tupi, por Túlio de Lemos e Walter George Durst. O programa fazia a dramatização de um erro histórico mundial, sob a supervisão de um jurista da equipe.

“Essa Noite Se Improvisa”
Foi ao ar em 1967 pela TV Record. Era um game musical com a participação de grandes cantores. A apresentação era feita por Blota Jr. A ideia era cantar ou ao menos indicar uma música que contivesse a palavra que era dada pelo apresentador. “A palavra é…” era o bordão do apresentador.

“Não Durma no Ponto”
Foi uma gincana por Manoel de Nóbrega em 1958 na TV Paulista. As provas eram passadas para telespectadores sorteados com uma semana de antecedência. Ficou famosa a prova em que um participante deveria conseguir uma gravata do presidente Juscelino Kubitscheck.

“Adoráveis Trapalhões”
Em 1967, na TV Excelsior de São Paulo, misturou música, ação e humor. O quarteto de apresentadores era formado por Wanderley Cardoso, Ivon Curi, Ted Boy Marino e Renato Aragão. Mais tarde se juntou a eles a cantora Vanusa. O programa ficou apenas 12 meses no ar e serviu de embrião para “Os Trapalhões”.

“Inglês com Música”
Com a professora Marisa Leite de Barros, ensinava inglês com o uso de músicas de sucesso, em meados da década de 1970, na TV Cultura.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

O dia em que o Capitão 7 disse não a Assis Chateaubriand

O dia em que o Capitão 7 disse não a Assis Chateaubriand

O Capitão 7, como o nome e o número sugeriam, foi criado na TV Record Canal 7, em 1954, mesmo ano em que a TV Tupi Canal 3 lançou o Falcão Negro. O Capitão 7 era interpretado pelo ator Ayres Campos. As suas aventuras tinham uma pegada ligada às histórias de ficção...

O “mendigo da praça”: um personagem, dois atores

O “mendigo da praça”: um personagem, dois atores

Zé Bonitinho, que era o perigote das mulheres, surgiu na TV brasileira no finalzinho dos anos 1950. Foi criado pelo próprio Loredo para a TV Rio e inicialmente escrito pelo Chico Anysio. Pouca gente se lembra (ou sabe) que Jorge Loredo interpretou vários outros...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This