Mesmo depois de 52 anos da conquista da corrida espacial pelos Estados Unidos, que enviou os primeiros humanos para a Lua, várias teorias da conspiração ainda surgem a respeito de uma possível manobra americana para enganar o mundo. Muita gente ainda acredita que o Homem não foi à Lua e que o governo dos Estados Unidos gravou tudo em estúdio.

A mais recente prova é que as pegadas deixadas na Lua são diferentes das que as botas dos pilotos deveriam deixar. As imagens já vêm aparecendo nas redes sociais desde 2016 e mostram, lado a lado, o traje usado pelo astronauta Neil Armstrong e uma das pegadas deixadas deixadas por ele na Lua, supostamente em 20 de julho de 1969. O texto que acompanha a imagem sugere que a bota usada por Armstrong possui marcas diferentes das pegadas deixadas na Lua, o que significaria que toda a viagem ao nosso satélite natural seria uma grande farsa! Será que isso é verdade? O checador de fatos Gilmar Lopes, criador do site E-Farsas, revela o que a história tem de real.