A história dos bonecos colecionáveis Funko é bastante curiosa. O colecionador americano Mike Becker estava atrás de um boneco da mascote da lanchonete Bob’s Big Boy igual ao que ele teve na infância. O único que encontrou estava caro demais. Por isso, Becker resolveu pedir autorização da empresa para fazer o seu próprio. A Funko nasceu em 1998 na casa de Becker, na pequena cidade de Snohomish, no Estado de Washington. Os primeiros bonecos eram bobbleheads – figuras de cabeças grandes que podiam ser balançadas.

Em 2005, Becker vendeu a empresa ao parceiro de golfe e também colecionador Brian Mariotti. Mas o grande salto da empresa se deu quando foram lançados os bonecos de 10 centímetros da série “Funko Pop! Vinyl”. Eles foram apresentados na Comic-Con de San Diego, em 2010, e começaram a ser comercializados no ano seguinte. No início, os fãs ficaram desconfiados, mas logo a coleção virou uma febre mundial.

Toda a história da empresa é contada no documentário “Making Fun: The history of Funko”. O nome da empresa vem de “Fun” (diversão) e “Co.” (abreviação de companhia).