Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Ingleses inventaram as faixas de pedestres

16 de julho de 2012

Não é à toa que a faixa de pedestre mais famosa do mundo fica em Londres. Foi na Inglaterra – que hoje abriga o cruzamento da Abbey Road – que a faixa de pedestres foi inventada. O recurso adquiriu um simbolismo forte para os britânicos. Mais do que qualquer outro povo do mundo, eles levam a sério a noção de que basta pisar na faixa de pedestres para que o trânsito pare. Com o crescimento das cidades, evoluíram também as faixas de pedestres, surgindo categorias que só podem ser encontradas na terra da rainha:
Faixa Zebra

É a faixa de pedestres comum, como a que conhecemos por aqui. Ela foi inventada em 1949, originalmente nas cores azul e amarela, e dois anos depois já figurava nas leis do trânsito da Inglaterra. O nome, que também surgiu em 1951, vem de uma analogia às listras das zebras. A mais famosa do mundo é a que cruza a Abbey Road, em Londres. Depois que os Beatles estamparam a capa de um de seus álbuns atravessando essa rua, a faixa ganhou fama internacional. Até hoje, artistas, turistas, personagens e até animais fazem paródias da foto eternizada pelos garotos de Liverpool.
Em março deste ano, uma faixa zebra em Bristol foi nomeada a mais segura da Inglaterra. Isso porque ela está localizada no fim de uma rua sem saída, fazendo com que seja extremamente improvável que um veículo passe por cima dela.

Faixa Pelican

Criada em 1969, a faixa pelican (“pelicano”) é aquela que conta com um sinal de trânsito – controlado pelos próprios pedestres – para ajudar na travessia. Diferentemente do que acontece por aqui, geralmente o sinal não é acompanhado pelas listras no chão. O nome é uma espécie de acrônimo da expressão “pedestrian light controlled” (“faixa de pedestres controlada com sinal”), aliado à adesão da moda de apelidar o recurso com o nome de um animal.
Faixa Puffin

É parecida com a pelican, mas possui alguns recursos a mais. As faixas puffin têm detectores de calor que identificam a presença do pedestre. Isso evita que o sinal se feche para aqueles que apertam o botão, mas desistem de atravessar. Essa tecnologia também impede que o sinal fique verde sem que um pedestre tenha acabado de atravessar a rua. O nome, que significa “arau” (ave extinta no século 19), também é um acrônimo, desta vez da expressão “pedestrian user-friendly intelligent” (“faixa de pedestres inteligente amistosa ao usuário”). O motorista sai ganhando: se o pedestre atravessar rapidinho, o sinal logo ficará verde.
Faixa Toucan

Instaladas adjacentes a ciclovias, as faixas toucan foram criadas para serem usadas tanto por pedestres como por ciclistas. Na Inglaterra, os ciclistas não podem atravessar em faixas puffin, pelican ou zebra. Estruturalmente, elas são bem semelhantes às faixas puffin. O nome é baseado na expressão “two can cross”, que significa “os dois podem atravessar”, uma referência ao uso concomitante pelos pedestres e ciclistas.
Faixa Pegasus

Não é brincadeira: no Reino Unido, até os cavalos têm uma faixa de pedestres. Muito popular na Escócia, a faixa é encontrada em locais próximos a áreas de treinamento de animais. Sua estrutura é semelhante à de outras faixas controladas por sinais. A diferença é que o botão do sinal fica a dois metros de altura – ideal para ser apertado pelo cavaleiro.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

As cabines vermelhas inglesas sobreviverão?

As cabines vermelhas inglesas sobreviverão?

Com a popularização dos telefones celulares, acreditava-se que as famosas cabines telefônicas inglesas estariam condenadas ao ostracismo. Existem atualmente cerca de 21.000 cabines vermelhas em funcionamento em toda a Grã-Bretanha. O país já chegou a ter 92.000...

Lampião e seus cangaceiros em Londres

Lampião e seus cangaceiros em Londres

O cartunista e designer inglês Jamie Hewlett acaba de lançar uma série de desenhos usando Lampião e seus cangaceiros como referência. Os trabalhos estão à venda numa pequena galeria de arte no bairro do Soho, em Londres, que foi visitada pela jornalista Letícia...

Modern Toilet: restaurante temático em Taiwan é um… cocô

Modern Toilet: restaurante temático em Taiwan é um… cocô

Se você pensa que já viu de tudo, prepare-se para conhecer o restaurante temático mais bizarro do mundo. Ele fica em Taiwan e se chama Modern Toilet. A temática do restaurante é o banheiro. E tudo que se faz lá dentro. Cadeiras? Não. Os clientes sentam-se em privadas...

19 Comentários

19 Comentários

  1. Ronaldo

    Muito legal este post.
    E você sabe dizer o que são aquelas faixas diagonais que tem ao lado da pista?

    Responder
  2. Ronaldo

    Muito legal este post.
    E você sabe dizer o que são aquelas faixas diagonais que tem ao lado da pista?

    Responder
  3. Gabriela

    Me ajudou bastante num trabalho. Obrigada !

    Responder
  4. Gabriela

    Me ajudou bastante num trabalho. Obrigada !

    Responder
  5. CECILIA

    Amei ese site ajudou na minha pesquisa sobre a historia da faixa de pedreste era o unico lugar que esplicava tudo sobre ela !
    CURTI!!!

    Responder
  6. CECILIA

    Amei ese site ajudou na minha pesquisa sobre a historia da faixa de pedreste era o unico lugar que esplicava tudo sobre ela !
    CURTI!!!

    Responder
  7. Hellen

    Vou fazer um trabalho sobre a faixa de pedestre esse site ajudou muito

    Responder
  8. Hellen

    Vou fazer um trabalho sobre a faixa de pedestre esse site ajudou muito

    Responder
  9. Beatriz

    Gostei muito desse site, vou fazer um trabalho com a Hellen e a Júlya, sobre a faixa de pedestre.

    Responder
  10. Beatriz

    Gostei muito desse site, vou fazer um trabalho com a Hellen e a Júlya, sobre a faixa de pedestre.

    Responder
  11. Airton Ferreira

    Muito bom. Mas tenho uma dúvida e gostaria da opinião de vocês. Existem faixas de pedestres (grupo de faixas longitudinais a via) com uma faixa no sentido transversal a frente das outras. Qual a diferença entre essa e a que não tem a faixa transversal?

    Responder
  12. Airton Ferreira

    Muito bom. Mas tenho uma dúvida e gostaria da opinião de vocês. Existem faixas de pedestres (grupo de faixas longitudinais a via) com uma faixa no sentido transversal a frente das outras. Qual a diferença entre essa e a que não tem a faixa transversal?

    Responder
  13. Anônimo

    muito bom pra um trabalho de escola .
    adorei
    beijos

    Responder
  14. Anônimo

    muito bom pra um trabalho de escola .
    adorei
    beijos

    Responder
  15. Binho

    Faltou o mais importante na matéria: referências bibliográficas.

    Responder
  16. Binho

    Faltou o mais importante na matéria: referências bibliográficas.

    Responder
  17. Milena oliveira Régis

    Bom foi muito útil , porém para ficar mais completo , seria legal é importante , citar o número da lei e qual a penalidade para o motorista.
    A faixa é de benefício para uma via segura e tranquila. Onde o pedestre ganha essa ferramenta. Porém é importante o pedestre saber seus direitos. Como , antes de cada faixa é obrigatório ter uma sinalização que ligo a frente haverá uma faixa é o motorista é obrigado a diminuir a velocidade para 30km por hora. Caso uma criança ou uma senhora , antes de atravessar siga sem olhar para ambos os lados. É por total obrigação do condutor estar alerta as sinalizações verticais da sinalização horizontal que é a faixa de pedestre.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This