o artista Steven Rodrig
O aumento do consumo de eletrônicos nos últimos anos pode ter simplificado a vida de muita gente, mas criou um problema: a quantidade de lixo cibernético gerada quando os gadgets não funcionam mais. Americano nascido em Cuba, o artista Steven Rodrig reaproveita circuitos eletrônicos retirados de aparelhos descartados e faz esculturas bem inusitadas.

Os formatos são variados: barata, banana, falcão, caçador bárbaro, sandálias e até um vaso sanitário – que  são apenas itens decorativos, bem explicado. Além de exibir as esculturas em seu site, Steven Rodrig vende parte delas em uma loja online.
o artista Steven Rodrig ONSETO

VASO SANITÁRIO
Também estão à venda cadernos, agendas e pingentes de Natal.  Cada pingente de 11,5 centímetros custa 25 dólares. Os cadernos são vendidos a  75 dólares, enquanto a escultura mais cara, a do caçador, sai por  3.500 dólares.

o artista Steven Rodrig - CADERNO E AGENDA DE LIXO ELETRÔNICO