Quantas línguas existem no Brasil?

26 de junho de 2020

Incluindo o português, o idioma oficial do país, existem 192 línguas vivas em território brasileiro. O levantamento foi feito pelo Summer Institute of Linguistics, uma ONG com sede nos Estados Unidos.

Do Descobrimento, em 1500, até os dias de hoje, 75% das línguas indígenas conhecidas no Brasil desapareceram por causa ou do processo de aculturação ou da dizimação das tribos que as utilizavam (acabar com a língua indígena era uma questão de poder para os portugueses).

Das 192 línguas que restaram:

  • 42 são consideradas praticamente extintas, como o aricapu (região do rio Guaporé, em Rondônia), o oro win (fronteira Brasil/Bolívia) e o juma (interior da Amazônia);
  • 91 correm alto risco de extinção, por serem línguas faladas por comunidades indígenas formadas por, no máximo, cem indivíduos, número insuficiente para garantir sua preservação. Casos de anambé e creie (interior do Pará), aruá, caripuná, mondé (Rondônia) e carahawiana e torá (norte do Amazonas).

Entre as línguas brasileiras que não correm risco de extinção imediata estão:

TriboLugarQuantidade
CreoleAmapá425 mil pessoas
CaingangueSete estados (incluindo São Paulo e Paraná)418 mil pessoas
CaiwáMato Grosso do Sul415 mil pessoas
TerenaInterior do Mato Grosso do Sul415 mil pessoas
TicunaNorte da Amazônia412 mil pessoas
GuaraniCentro-oeste paranaense45 mil pessoas

 

Últimas Curiosidades

Artigos Relacionados

1970

1970

  Dezembro Um Viscont da Vasp caiu, pouco antes do horário previsto para sua chegada, no Rio de Janeiro. O acidente causou 37 mortes. Março Caiu na Baia do Guajará, em Belém, um avião Hirondelle da Companhia Paraense. 38 pessoas morreram.  

1971

1971

  Setembro Um DC-3 da Cruzeiro do Sul caiu na cidade de Sena Madureira, no Acre. Morreram 32 pessoas.  

1973

1973

  Junho Um avião Caravelle da Cruzeiro do Sul explodiu ao aterrisar no aeroporto de São Luis, no Maranhão. 23 pessoas morreram no acidente.  

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *