Curiosidades sobre os povos vikings

30 de julho de 2020
  1. No início da Idade Média havia muitas levas migratórias por toda a Europa. Três desses povos — os fineses, os escandinavos e os teutões, que eram divididos em raças como saxões, anglos e danos — estabeleceram-se em terras onde hoje ficam a Finlândia, a Suécia, a Noruega e a Dinamarca. Com o tempo, a região desses quatro países ficou conhecida como Escandinávia, que é composta pela península escandinava e a Jutlândia (Dinamarca). Mas, ao contrário do que se pensa, nem todos ali eram vikings. Apenas os escandinavos da Noruega e os danos das ilhas Bálticas e da Jutlândia eram vikings. Eles habitaram a região entre ao anos de 793 e 1066.
  2. Apesar de falarem a mesma língua, o escandinavo arcaico, e terem o mesmo alfabeto, o rúnico, os vikings nunca formaram uma nação. Na maioria dos povoados viviam entre cinquenta e quinhentas pessoas. Eles tinham características de pequenas fazendas, desenvolvidas às margens de lagos, rios ou dos fiordes. Havia agricultores, pescadores, artesãos e soldados. Grandes cidades foram fundadas, como Oslo, capital da Noruega, e Hedeby, na Dinamarca.
  3. Em uma mesma casa de viking, de um só cômodo, viviam várias famílias: irmãos com suas respectivas esposas, filhos e descendentes. O telhado era coberto por turfa, uma espécie de grama que protegia contra o frio, e o dono da casa tinha um trono no qual só ele podia se sentar. Uma lareira central, com saída no meio do telhado, aquecia o ambiente.
  4. Os vikings desenvolveram embarcações que lhes permitiam navegar tanto em águas profundas e agitadas como ancorar em praias e rios rasos para atacar os lugares. Possuíam velas listradas ou em xadrez, longas, estreitas e com quilhas. Assim, pouco penetravam na água e só se usava remo quando não havia vento.

Leia também: Por que os vikings usavam capacetes com chifres?

Últimas Curiosidades

Artigos Relacionados

Curiosidades sobre gueixas

Curiosidades sobre gueixas

No início do século XX, havia 80 mil gueixas no Japão. Hoje são apenas duas mil. A influência do Ocidente é o principal motivo do desinteresse das japonesas pela profissão.  As gueixas são mulheres japonesas que estudam a arte da sedução, da dança, do canto e do...

O que são preceptoras?

O que são preceptoras?

Nas famílias abastadas da Europa, as crianças eram educadas e cuidadas por aias, profissionais que se ocupavam dos afazeres do lar e dos filhos dos patrões. Já nas famílias aristocráticas, as babás incumbidas de ministrar lições às moças eram as preceptoras. Ensinavam...

Como surgiu o movimento feminista

Como surgiu o movimento feminista

Feminismo é a luta das mulheres por direitos iguais aos dos homens. Veja como ele surgiu: Século XIX: as mulheres não podiam frequentar escolas. As moças de fino trato tinham de dedicar-se a prendas domésticas e as operárias trabalhavam até 18 horas, recebendo 1/10 do...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *