Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Os relatos da chegada de Pedro Álvares Cabral ao Brasil

16 de abril de 2020
Eu só tenho uma certidão de nascimento. E você? Pois eu conheço um cara que tem… três certidões de nascimento! Ele se chama Brasil e aí tem História.
Outros viajantes estiveram aqui antes de Pedro Álvares Cabral. Portugueses, alguns espanhóis, pelo menos um italiano (descartei as lendas sobre fenícios e chineses chegando antes do ano 1000). Mas a data oficial é 22 de abril de 1500. E como se prova? Certidão de nascimento. Sempre aprendemos que essa certidão era a Carta de Pero Vaz de Caminha, escrivão oficial da esquadra de Cabral, mas temos ainda a Carta de Mestre João e a Relação do Piloto Anônimo.

Pedro Álvares Cabral em uma pintura do início do século XX.

Caminha pediu uma promoção para o genro

Com Caminha, ficamos sabendo que “nesta terra, em se plantando, tudo dá”, os índios andam nus e não se envergonham, para citar as duas observações mais conhecidas. E ele conta que foi nas oitavas – ou seja oito dias depois – da Páscoa, que se avistou um monte, ao qual se chamou Monte Pascoal. Que eu saiba, nenhum outro país tem certidão de nascimento, com dia, mês, ano e até as horas, por volta das 18h, em que a região foi avistada. Ah, claro, lembremos: ao final da Carta, Caminha solicita ao rei a transferência de um genro para posição melhor numa repartição pública. Sim, foi nosso primeiro pistolão.

Carta de Pero Vaz de Caminha ao rei D. Manuel tinha 27 páginas de texto

Veja 10 curiosidades sobre o Descobrimento do Brasil

Como o Cruzeiro do Sul passou a guiar os marinheiros

A Carta de Mestre João, que era um sábio cientista, médico e astrônomo espanhol, nos dá uma visão científica. Em sua mensagem de apenas duas páginas (a de Caminha tem mais de vinte), ele destaca uma constelação que indicava perfeitamente o caminho para cá: o Cruzeiro do Sul. É a primeira vez que ela aparece na literatura mundial e, desde então, guiou marujos portugueses (e depois do Mundo) pelos mares do Sul. Se Caminha foi um antropólogo e geógrafo, João foi astrônomo. Essas duas cartas eram documentos oficiais e sigilosos, escondidos por décadas.

O Cruzeiro do Sul (Crux) aparece pela primeira vez na literatura mundial

Uma bela quantia pelos segredos de navegação

A Relação do Piloto Anônimo foi a primeira a ser conhecida, numa publicação italiana de 1507, embora tenha sido escrita em português. Pelo conteúdo, o autor não era piloto, ou seja conhecedor dos mares (há raros termos técnicos de navegação). Pesquisas indicam o nome de um dos escrivães da armada cabralina, João de Sá. Por que o anonimato? Porque ele deve ter aceitado uma bela quantia por aqueles segredos de navegação – sim, um caso de espionagem contra o governo português! Suas constatações reforçam as de Pero Vaz e terminam sendo um belo fecho para essa trinca de documentos históricos – nossas certidões de nascimento. Os originais das duas primeiras estão na Torre do Tombo (ou seja “do registro”), em Portugal.

Warde Marx, especial para o “Você é Curioso?”

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A Loira do Banheiro existiu de verdade?

A Loira do Banheiro existiu de verdade?

A Loira do Banheiro é uma história baseada numa pessoa de verdade. Pelo menos é uma das versões. E aí tem História. Tudo começa em Guaratinguetá, no interior de São Paulo, em 1880. Por razões de aliança política, o Visconde de Guaratinguetá teria forçado sua filha,...

Luzes na escuridão: curiosidades sobre cavernas brasileiras

Luzes na escuridão: curiosidades sobre cavernas brasileiras

Para o lançamento do primeiro livro "Luzes na Escuridão", em 2017, um grupo de fotógrafos especializados em cavernas - do Brasil e de diferentes partes do mundo - percorreu 5 mil quilômetros por quatro Estados brasileiros: São Paulo, Goiás, Bahia e Minas Gerais. Foram...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This