Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

O que aconteceu no dia seguinte ao da Independência do Brasil?

4 de setembro de 2020

Na tarde do 7 de setembro de 1822, Dom Pedro I proclama o “independência ou morte”, o brado de guerra da independência brasileira, às margens do riacho Ipiranga, próximo onde hoje fica o Museu do Ipiranga. Naquela mesma tarde, vindo de Santos, ele entra na cidade de São Paulo e é aclamado à noite, no Teatro da Ópera, como o primeiro rei do Brasil – naquela época o Brasil era Reino Unido, então imaginou-se que ele seria mesmo rei, mas depois acabou sendo proclamado imperador.

No dia 8 de setembro, ele lança uma bonita proclamação aos paulistas na residência do Capitão General de São Paulo, o equivalente hoje a governador, onde hoje é o Pátio do Colégio. Ele veio para tratar das novas eleições da cidade. Dali ele conta tudo o que havia acontecido, diz que se sente pesaroso de ter que voltar para o Rio de Janeiro, e fala que o Brasil e ele deviam muito a São Paulo por ser palco da Independência.

No dia 9 de setembro, ele deixa o governo de São Paulo nas mãos do Bispo, do Ouvidor General e do Capitão de Armas de Santos, enquanto estavam sendo apuradas as eleições de São Paulo e ele parte de volta ao Rio de Janeiro numa velocidade atroz. Mesmo no meio de temporais e estradas enlameadas, fez a viagem em 5 dias, uma distância que era percorrida em 8 dias pelo correio. A partir da chegada dele no Rio de Janeiro começam efetivamente os preparativos para o Brasil ser um país completamente independente de Portugal.

Leia também:
Curiosidades sobre o quadro “Independência ou Morte”
Curiosidades sobre a proclamação da Independência
Por que Portugal não esboçou nenhuma reação contra a Independência do Brasil?
Pedro Labatut: o militar que virou bicho-papão

Conheça os livros:
Esquadrão Curioso em: Independência ou Zero!
Memórias póstumas do burro da independência

 

Resposta de Paulo Rezzutti, autor do livro “Dom Pedro – A História não Contada”.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A Loira do Banheiro existiu de verdade?

A Loira do Banheiro existiu de verdade?

A Loira do Banheiro é uma história baseada numa pessoa de verdade. Pelo menos é uma das versões. E aí tem História. Tudo começa em Guaratinguetá, no interior de São Paulo, em 1880. Por razões de aliança política, o Visconde de Guaratinguetá teria forçado sua filha,...

Luzes na escuridão: curiosidades sobre cavernas brasileiras

Luzes na escuridão: curiosidades sobre cavernas brasileiras

Para o lançamento do primeiro livro "Luzes na Escuridão", em 2017, um grupo de fotógrafos especializados em cavernas - do Brasil e de diferentes partes do mundo - percorreu 5 mil quilômetros por quatro Estados brasileiros: São Paulo, Goiás, Bahia e Minas Gerais. Foram...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This