Curiosidades sobre o quadro “Independência ou Morte”

5 de setembro de 2020

O quadro “Independência ou morte”, de Pedro Américo (1843-1905),  entrou para a história como o retrato do momento da proclamação da Independência. Mas ele foi pintado apenas em 1888, em Florença (Itália), sob encomenda da Corte. A obra mede 7,6 x 4,15 metros e tem uma sala própria no Museu Paulista, também conhecido como Museu do Ipiranga. Mas o maior quadro de Pedro Américo, também o maior do Brasil, é “Batalha do Avaí”, de 1874. A tela tem 66 metros quadrados e está em exibição no Museu Nacional de Belas-Artes do Rio de Janeiro. Ele levou 26 meses para concluir o trabalho. O pintor Pedro Américo, que nem era nascido em 1822, cometeu alguns exageros:

D. Pedro I tinha acabado de se encontrar com sua amante, Domitila de Castro. Viajava secretamente. É por isso que não podia estar com uma grande comitiva nem usando traje oficial.

D. Pedro I não estava viajando a cavalo. Para viagens longas, só se usava o bom e velho burro.

O grito não aconteceu às margens do riacho do Ipiranga, como sugere a letra do Hino Nacional. O príncipe bradou seu célebre grito no alto da colina próxima ao riacho, onde sua tropa esperava que ele se aliviasse de um súbito mal-estar intestinal.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

O Caso Evandro e as Bruxas de Guaratuba

O Caso Evandro e as Bruxas de Guaratuba

Histórias que envolvem investigações criminais sempre alcançaram grandes audiências em livros, programas de rádio, séries de TV, filmes. No caso dos podcasts, narrativas sobre crimes reais ganharam um novo capítulo em 2014, com o lançamento de "Serial", nos Estados...

Os soldados brasileiros do nazismo

Os soldados brasileiros do nazismo

Dia 8 de maio é a data do final da Segunda Guerra na Europa. Momento de homenagear todos os brasileiros que foram ao Velho Continente, lutar contra o nazismo, certo? Não!, afirma o professor Warde Marx. Aí tem História! Os brasileiros têm muitos motivos de orgulho: os...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This