Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

“Os Eternos”: Marvel aposta na mirabolante criação de Jack Kirby

4 de novembro de 2021

O filme “Os Eternos” é a aposta mais ousada da Disney para o Universo Cinematográfico da Marvel dos últimos tempos. Ele segue os eventos de “Vingadores: Ultimato” e tem a missão de dar vida e popularizar uma das mirabolantes criações do mestre Jack Kirby, o mais influente criador dos quadrinhos americanos. O filme é dirigido por Chloé Zhao, diretora de “Nomaland”, que ganhou o Oscar de Melhor Direção e Melhor Filme.

Prev 1 of 1 Next
Prev 1 of 1 Next

Em 1976, Jack Kirby imaginou uma raça alienígena, os Celestiais, que viajam de planeta em planeta, conduzindo experimentos genéticos. São seres onipotentes em enormes corpos de robôs. Eles foram vistos no filme “Guardiões da Galáxia”, de 2014, usando uma Pedra do Poder para destruir um planeta inteiro. Os Celestiais chegaram à Terra quando os seres humanos estavam dando seus primeiros passos e criaram duas espécies: os Deviantes, seres monstruosos; e os Eternos, humanoides perfeitos com poderes variados.

Kirby foi influenciado pelas ideias do livro “Eram os Deuses Astronautas?” (1968), do suíço Erich von Däniken, que propunha que os deuses e anjos das antigas mitologias eram alienígenas. O conceito, na verdade, surgiu com o livro francês “O Despertar dos Mágicos”´(1960), de Jacques Bergier e Louis Pauwels, que defendia a teoria de “deuses alienígenas” do escritor americano H, P. Lovecraft em “Os Mitos de Cthulhu”.

Enfim, o filme “Os Eternos” irá mergulhar nos primórdios do lado cósmico do Universo Cinematográfico da Marvel, revivendo a guerra entre duas raças anciãs escondidas da humanidade por milênios. Além disso, a Disney irá acompanhar os novos tempos de diversidade e inclusão de Hollywood. Assim como tivemos nos quadrinhos o novo Superman, Jon Kent, filho de Clark Kent e Lois Lane, assumindo sua bissexualidade, “Os Eternos” apresentará o primeiro casal assumidamente gay da Marvel na tela grande. Veremos ainda a estreia da primeira super-heroína surda dos Estúdios Marvel. Lauren Ridloff, atriz surda desde o nascimento, interpreta Makkari, uma nova versão de um dos Eternos – nos quadrinhos, o personagem é um homem branco e musculoso.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Por que Frankenstein e Hulk são verdes?

Por que Frankenstein e Hulk são verdes?

Quando a escritora Mary Shelley publicou a história em 1818, Frankenstein era descrito com longos cabelos escuros, dentes muito brancos, 2,5 metros de altura e a pele amarelada. Em suas primeiras adaptações, a criatura sem nome - criada pelo doutor Victor Frankenstein...

O primeiro Batmóvel era um carro comum vermelho

O primeiro Batmóvel era um carro comum vermelho

Em 1939, o roteirista Bill Finger e o artista Bob Kane começaram a publicar “as incríveis e incomparáveis aventuras do Batman”. Logo o Homem Morcego se tornaria um fenômeno da cultura pop. Quatro anos depois do lançamento dos quadrinhos, o Cruzado de Capa chegou aos...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This