Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

O que o Batman carrega em seu cinto?

24 de abril de 2019

“Tem de tudo que você possa imaginar”, antecipa Marcelo Alencar, jornalista, tradutor e editor de histórias em quadrinhos. Segundo Alencar, a primeira edição do quadrinho Giant Batman Annual, publicada em 1961, trouxe um raio-x completo do “batcinto” mostrando os objetos que o morcego carregava por ali. “De lá saem coisas que até Deus duvida”, brinca Marcelo.

A lista de objetos conta com: explosivos, lanterna de luz infra-vermelha, cápsula de fumaça, equipamento para identificação de impressões digitais, cartão de crédito, repelente de tubarão, minicâmera, chave-mestra capaz de abrir qualquer tipo de porta, minitocha – daquelas de oxiacetileno usadas para soldagens – e cápsulas de gás. “Além disso havia uma divisória onde ele guardava uma corda de seda que se desenrolava como uma linha de pesca”, acrescenta Marcelo Alencar.

“Na lateral desse cinto ele carregava o famoso batarang, aquele bumerangue em forma de morcego”, explica Marcelo. Alguns deles foram construídos de maneira emergencial com finalidades bem específicas: com um apito para chamar a polícia, com uma minicâmera, um todo imantado, um com uma corda, um com uma luz de flash e até um batarang explosivo.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Como o Universo Marvel começou

Como o Universo Marvel começou

O primeiro desenho animado da Marvel estreou em setembro de 1966 na TV americana. Eram cinco personagens: Capitão América, Homem de Ferro, Hulk, Thor, e Namor, o Príncipe Submarino. As histórias tinham 20 minutos. Foi lançado no Brasil com o nome “Clube Marvel...

Duna: o best-seller da ficção científica

Duna: o best-seller da ficção científica

O romance "Duna", do americano Frank Herbert (1920-1986), lançado em agosto de 1965, começou a ser publicado em três edições da revista "Analog", em 1963 e 1964.  A obra já foi adaptada por David Lynch para o cinema em 1984 e depois para uma minissérie de TV em 2000...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This