Ainda jovem, o diretor George Lucas quis ser piloto de carro de corrida, mas sofreu um sério acidente. Passou meses numa cama de hospital e desistiu da ideia. Mas levou esse sonho de certo modo para as telas criando o personagem Han Solo como uma espécie de alter-ego. Para a missão de copiloto, Lucas se inspirou em seu cachorro da raça malamute do Alasca para criar o personagem Chewbacca, como conta o especialista André Gordirro na entrevista ao “Olá, Curiosos!” de 01/05/2021. O programa comemorou os 10 anos de criação do “Star Wars Day“. O cão, que se chamava Indiana, também foi o motivo da escolha do nome do personagem Indiana Jones, de Steven Spielberg.

André Gordirro é escritor, tradutor, jornalista e crítico de cinema. Traduziu mais de 50 livros e lançou “Os Portões do Inferno” e “O Despertar dos Dragões”, pela Editora Rocco, dentro da série “Lendas de Baldúria”, e “Traição em Zenibar”, pelo selo KDP/White Glove, da Amazon. Participa do programa de rádio “Geek Mix” e mantém o canal Gordirro na Twitch. É um dos mais atuantes especialistas em Star Wars, quadrinhos Marvel, RPG e todos os aspectos da cultura nerd e geek.