O RPG (role-playing game) em seu formato moderno foi definido a partir de um jogo criado no século XIX por um oficial do exército prussiano. Com miniaturas, mapas e dados, o Kriegspiel tinha como objetivo levar os soldados a praticar estratégias militares. Essas batalhas falsas tornaram-se muito populares na década de 60, quando aficcionados começaram a organizar convenções periódicas e associações internacionais de jogadores.

No início dos anos 70, Gary Gygax e Dave Arneson, inspirados pela obra O Senhor dos Anéis, de J. K. Tolkien, descartaram as táticas de guerra, adicionaram ao jogo elementos fantásticos e passaram a enfatizar a interpretação dos personagens durante a partida. Foi desta maneira que o RPG tomou seu formato moderno.

O primeiro livro de regras chegou ao mercado em 1974. Dungeons & Dragons vendeu 6.000 cópias em 1 ano e meio e conquistou uma legião de fãs. Posteriormente, surgiram outras versões de role-playing com base em filmes como Star Wars.