Sempre resisti ao máximo à ideia de colecionar camisas de futebol. Tenho uma gaveta cheia delas, mas todas foram me dadas de presente. Libermorro (AM), Poços de Caldas (MG), Caxias (RS) e Barretos (SP) são algumas delas. Muitas que me foram dadas acabaram indo para parentes, amigos ou colecionadores de verdade. Adoro coleções, mas me assusto com o preço que cobram por elas. É incrível: camisas de futebol custam caro em qualquer parte do mundo. Na infância, tive uma pequena coleção. Pequena mesmo, pois era raríssimo encontrar camisas de futebol nas lojas. Lembro de ter comprado as do Bahia, do Cruzeiro, do Vasco e do Cosmos.

Por ser louco por futebol, os torcedores me perguntam muito sobre camisas. Eu sempre fiquei meio sem graça de assumir que não colecionava camisas. Por isso, decidi que começaria uma coleção temática de camisas. Pensei numa coleção original, que não me desse muita despesa. Agora posso dizer que estou colecionando camisas de times que não existem. Times de ficção. Mexi nas gavetas e já tenho cinco.

1. Arsênico

O Arsênico foi um dos 12 times que participou do RockGol 2003. O RockGol é um campeonato de futebol promovido anualmente pela MTV desde 1995. Os times são formados por músicos convidados pela emissora. O do Arsênico tinha integrantes das bandas Detonautas e O Surto. Terminou em 3º lugar.

2. Depressivos

Integrantes das bandas Matanza, DMN e Tihuana se juntaram para formar o Depressivos, time que disputou o RockGol 2005. Nesse ano, todas as equipes tinham nomes de doenças (Resfriados, Diabéticos, Diarreia etc.) A camisa é bacana, mas o time não figurou entre os três primeiros colocados.

3. Tabajara Futebol Clube

O Tabajara Futebol Clube foi criado pela turma do programa Casseta & Planeta. O Tabajara se autodenomina “o pior time do mundo”. Foi fundado no dia em que a Seleção Brasileira perdeu a Copa disputada em solo brasileiro (16 de julho de 1950) e nunca conseguiu marcar um único gol. Essa camisa foi oferecida como brinde aos leitores do jornal esportivo Lance!.

4. Republic FC: Jedi Sporting Club

Esta camisa é parte de uma coleção comemorativa com o tema Star Wars, lançada pela Adidas em 2010. A marca colocou à venda os uniformes de dois times fictícios rivais: Republic FC – Jedi Sporting Club, representado por Luke Skywalke (que é a minha), e Empire Athletics – Deathstar Communication, com Darth Vader no comando (ih, já estou precisando desta para a coleção!)

5. Divino FC

A Lupo lançou em agosto deste ano a camisa oficial do Divino Futebol Clube, time fictício criado para a novela Avenida Brasil, da Rede Globo. Foi no Divino que o personagem Tufão (Murilo Benício) foi revelado. Na novela, o time da Gávea venceu o Campeonato Carioca. Em 1984, a novela Vereda Tropical, de Sílvio de Abreu, também tinha um time de futebol: Cantareira Esporte Clube. Naquela ocasião, ninguém pensou em lançar uma camisa para vender nas lojas.

6. Time dos aliados em “A Fuga para a Vitória”

A Liga Retrô lançou uma camisa comemorativa em homenagem a uma clássica equipe fictícia: o time dos prisioneiros de guerra no filme “A Fuga para a Vitória” (1981). Para quem não se lembra, o time que enfrentou a seleção da Alemanha era estrelado por Pelé no ataque e Sylvester Stallone no gol, além de contar com os craques Bobby Moore (Inglaterra) e Ardiles (Argentina). O filme foi inspirado em um jogo real.

Se alguém souber de mais alguma que falta na minha coleção, por favor, me avise!