Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Com apetite de leão: rodízio de carnes de caça na África do Sul

14 de junho de 2010

O restaurante Carnivore, a 30 minutos de Johanesburgo, já virou uma atração turística. Visitantes de todas as nacionalidades vão até ali atraídos pelas carnes de caça oferecidas no cardápio. As carnes mudam a cada semana. O único dos “Big Five” servido ali é o búfalo, reservado para ocasiões ou clientes especiais. Elefante, leão, rinoceronte e leopardo não entram no espeto.

A casa funciona no sistema de rodízio. Pelo equivalente a 50 reais, o Carnivore serve pão com manteiga, sopa, saladas e acompanhamentos. As carnes são preparadas numa grelha no próprio salão. A primeira rodada é servida numa sequencia: começa com fígado de galinha, asinhas, carne de porco, de vaca. Aí, finalmente, vem o mais aguardado. Primeiro linguiças e almôndegas de kudu (melhor do que explicar é você conferir a foto aqui).

Quando o cliente pede por uma carne de caça que não está no cardápio do dia, o gerente, Toni Loureiro, coloca a culpa no crocodilo. “Não temos, pois os crocodilos o comeram primeiro”, brinca. Nesse dia, porém, o crocodilo é que foi servido.

Depois de experimentar a impala, o garçom ofereceu a carne de girafa. Não, não é o pescoço, apesar de parecer. Eles servem o traseiro e a coxa do bicho. A carne de girafa é bastante dura. Os animais são criados em uma fazenda dos donos, que tem 35 mil animais. Eles são caçados 8 meses por ano, de acordo com as necessidades da casa. Para a Copa do Mundo, a Carnivore estocou 9 toneladas de carnes.

Por fim, a carne que eu achei mais saborosa de todas: a zebra. Com um molho de cereja, então, ela fica mais gostosa. Terminada a rodada, você pode repetir todas que quiser. Deu zebra outra vez!

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

Os Jogos Paraolímpicos de Tóquio começam na próxima terça-feira, dia 24. Marcus Aurélio Carvalho, diretor e apresentador da Rádio ONCB, emissora web da Organização Nacional de Cegos do Brasil, explica como será a cobertura diferenciada do evento. Marcus fala também de...

O autor de 150 hinos de times de futebol

O autor de 150 hinos de times de futebol

O compositor paulista Carlos Santorelli tem mais de 2 mil músicas gravadas. Em 1997, ele lançou um CD com hinos para os principais times do Rio Grande do Norte compostos por ele. Depois, em 2011, veio outro, desta vez com times paraibanos. Mas foi a partir de 2017 que...

Pugilista perdeu a orelha e não consegue usar máscara?

Pugilista perdeu a orelha e não consegue usar máscara?

Em novembro de 1996, o pugilista Evander Holyfield, pentacampeão mundial dos pesos-pesados, desafiou Mike Tyson pelo título da Associação Mundial de Boxe. Holyfield venceu de forma surpreendente ao realizar a proeza de nocautear Tyson no 11º round. Em junho do ano...

4 Comentários

4 Comentários

  1. Antonio Mier

    Marcelo, durante suas caçadas os leões atacam, impalas, gnus e búfalos, mas você descobriu NA PRÁTICA porque eles preferem as zebras: são mais saborosas…

    Responder
  2. Carolina

    Haja coragem, hein? Há 7 anos eu recuso até picanha ao ponto, quem dirá uma zebra!
    Antonio Mier, você já comeu carne de zebra também!
    Se esse assunto de zebra fizer o Brasil perder o jogo amanhã eu vou parar de ler esse blog! 😉

    Responder
  3. Gustavo Schroeder

    Marcelo, tem como você fazer um post com uma reportagem da Revista dos Curiosos da mulher que estampa as embalagens dos Palitos Gina?
    Eu vi a do Paulinho Pompéia, que era o menino dos “Cigarrinhos de Chocolate” e nela tem uma nota sobre a Gina! Fiquei muito curioso!
    Abraço!

    Responder
  4. Antonio Mier

    Carolina, eu já comi coelho, javali, capivara, tatu, avestruz, quati, jacaré e até cobra, mas se tem uma carne que não desce é a de rã…nem sem saber…(rs)

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This