Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Monstros fabulosos

24 de abril de 2019

Nas antigas mitologias, além de heróis fabulosos, havia também vilões tão horrendos quanto poderosos, contra os quais os homens nada podiam fazer. Eram seres monstruosos que só poderiam ser enfrentados pelos deuses e semideuses mais dotados de poderes sobrenaturais.

Cérbero
Cão terrível de 3 cabeças, que guardava a entrada do palácio de Plutão, o deus dos infernos.

Ciclopes
Operários de Vulcano, o deus do fogo eram gigantes de um olho situado na testa.

Fênix
Ave fabulosa da mitologia egípcia, que morria e renascia das suas próprias cinzas. Tinha o tamanho de uma águia, plumas douradas no corpo e brancas e vermelhas na cauda. Ao sentir que ia morrer, fazia um ninho com madeiras perfumadas e ali se deitava. Os raios solares incendiavam a madeira, queimando o ninho e a ave. Mas de suas cinzas surgia um ovo e do ovo nascia outra fênix.

Górgonas
Eram 3 irmãs monstruosas com cabeça e corpo de mulher, dentes compridos como as presas do javali e garras nas mãos em vez de unhas. No lugar dos cabelos tinham serpentes vivas. Transformavam em pedra as pessoas que fitavam.

Grifo
Uma espécie de cavalo alado. Seu corpo era metade águia, metade leão, com orelhas de cavalo.

Harpias
Figuras monstruosas, filhas de Netuno e da Terra. Tinham rosto de mulher, corpo de abutre, orelhas de urso. Com forte bater de asas, atacavam os alimentos destinados à mesa dos homens.

Hidra de Lerna
Serpente medonha que assolava a Argólida, região montanhosa da antiga Grécia. Tinha 7 cabeças, todas elas muito teimosas, pois renasciam cada vez que eram cortadas.

Minotauro
A figura mitológica com cabeça de touro é um monstro que atazanou por muito tempo a vida do rei de Creta, Minos. Nasceu de um “romance” da esposa do monarca, Pasifaé, com um touro branco, enviado ao casal pelo deus dos mares Posêidon. O animal deveria ser sacrificado em honra do imortal. Diante da recusa de Minos em cumprir suas ordens, Posêidon fez com que Pasifaé se apaixonasse pelo bicho. A fera, aprisionada ainda recém-nascida em um labirinto construído pelo arquiteto Dédalus, se alimentava de jovens atenienses. Na época, Atenas havia perdido uma batalha para Creta e estava sob seu domínio. Por isso, tinha que enviar a cada 9 anos sete rapazes e sete virgens “de presente” para o Minotauro. Foi o guerreiro Teseu quem acabou com essa prática. O herói foi ao labirinto, prendeu a ponta de um novelo de lã na entrada e saiu em busca da besta. Depois de matá-la, voltou seguindo o rastro da lã desenrolada.

Quimera
Monstro misto de leão, dragão e cabra, nascido de Equidna, a nuvem de tempestade, e Tifon, o gênio dos furacões.

Unicórnio
Cavalo branco dotado de um chifre no meio do focinho. Dominava as florestas, sendo implacável com os caçadores. Não permitia que ninguém dele se aproximasse, a não ser uma moça bonita.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Por que o céu é azul?

Por que o céu é azul?

A razão pela qual o céu é azul está relacionado em como a luz do sol é espalhada pelas moléculas que nós temos na nossa atmosfera. Na verdade, a luz do sol tem vários comprimentos de onda, tem várias cores, então a emissão do sol é emissão em banda larga com várias...

Como nasceu o jogo do bicho?

Como nasceu o jogo do bicho?

"A ideia foi do mexicano Manuel Zevada em 1893", afirma Ângela Sevastano, folclorista do Museu do Folclore de São José dos Campos (SP). Ele era amigo do barão João Batista Viana Drummond. Progressista e apoiador da causa...

10 hóspedes terríveis

10 hóspedes terríveis

1. Amy Winehouse A cantora inglesa deixou o quarto do Riverbank Plaza Hotel, de Londres, cheio de garrafas e cigarros espalhados. Nos estofados, manchas de licor. No banheiro, sujeira de tinta de cabelo preta.2. Salvador Dali O pintor espanhol deu trabalho aos...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This