Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Por que “O caso dos dez negrinhos” mudou de nome para “E não sobrou nenhum”?

23 de agosto de 2021

O romance policial mais vendido de todos os tempos foi lançado pela escritora Agatha Christie na Inglaterra em 6 de novembro de 1939. O nome escolhido, “O caso dos dez negrinhos” (“Ten Little Niggers”), tem a ver com um poema publicado no livro.

Ao ser lançado nos Estados Unidos no início de 1940, com medo do tom pejorativo e ofensivo que “niggers” tinha por lá, a editora mudou o título para “E não sobrou nenhum” (“And There There Where None”), que são as últimas palavras do poema.

Para enfrentar os crescentes problemas de discriminação racial, os ingleses seguiram o mesmo caminho e mudaram o título do livro nos anos 1980. E, por exigência da família de Agatha Christie, outros países adotaram novos títulos. No Brasil, a Editora Globo optou por “E não sobrou nenhum”. Mas, a título de curiosidade, uma adaptação do livro para o cinema recebeu o nome de “O vingador invisível“.

Em Portugal, o livro foi lançado em 1948 com o título de “Convite para a morte”. Os franceses finalmente mudaram o nome do livro “Os dez negrinhos” (“Dix petits négres”) no ano passado. Ele passou a se chamar “Eles eram dez” (Ils étaitent dix”).

A mudança não aconteceu apenas no título, mas também no miolo. A Ilha do Negro passou a se chamar Ilha do Soldado. As estatuetas dos negrinhos também viraram soldadinhos.

 

Web Stories

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Filme de 1963 previu a variante Ômicron?

Filme de 1963 previu a variante Ômicron?

Uma imagem do pôster de um filme chamado “The Omicron Variant” ("A Variante Ômicron"), de 1963, teria previsto a chegada da variante do novo coronavírus, que surgiu na África do Sul. A ilustração começou a se espalhar nas redes sociais na primeira semana de dezembro...

Laerte Sarrumor: a voz brasileira de Topo Gigio

Laerte Sarrumor: a voz brasileira de Topo Gigio

O ratinho criado pela italiana Maria Perego em 1958 está de volta às telas, desta vez numa série de 52 episódios de animação exibida no Brasil pela Discovery Kids. Quem dubla Topo Gigio é Laert Sarrumor, apresentador, humorista e vocalista da banda Língua de Trapo....

As curiosidades do Concurso Bebê Johnson

As curiosidades do Concurso Bebê Johnson

A primeira Bebê Johnson da história foi a paulistana Magda Solange Ferreira, em 1957, uma menina loira de olhos castanhos. No caso de Magda, um fotógrafo contratado pela Johnson & Johnson a descobriu na Maternidade Leonor Mendes de Barros, em São Paulo, e ela...

0 Comentários

0 comentários

Trackbacks/Pingbacks

  1. E não sobrou nenhum, de Agatha Christie – Plug Literário - […] Com informações de: Guia dos Curiosos […]

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
Os 100 anos dos ursinhos da Haribo Qual é a origem do Creme Nivea? Você conhece o axolote, o “monstro aquático”? As pioneiras da ficção Científica