O primeiro símbolo tinha as cinco cores, sim. Ele foi criado para os Jogos Paraolímpicos de Verão de 1988, em Seul. Tinha cinco “pas”, desenho que faz parte da bandeira da Coreia do Sul. Repare que dois “pas” formam o “taegeuk”, símbolo central da bandeira sul-coreana. Na primeira logomarca, as cinco cores estavam posicionadas da mesma forma que os anéis olímpicos, mas não interligados. O símbolo acabaria sendo adotado pelo Comitê Internacional de Coordenação das Federações Mundiais de Esportes para os Deficientes.

Começou aí um estranhamento com o Comitê Olímpico Internacional. Dois anos depois, em outubro de 1990, o COI pediu a alteração do símbolo, argumentando que ele poderia causar confusão no público. Quando o Comitê Paralímpico Internacional foi criado, em 1991, surgiu um novo símbolo, com seis “pas” posicionados em forma de círculo. O fato só aumentou a tensão com o COI, que ameaçou uma ruptura nas relações entre as duas entidades. Para evitar confusão, o CPI preferiu mudar o desenho e adotou apenas três “pas”.

SÍMBOLO JOGOS PARALIMPICOSO símbolo atual dos Jogos Paraolímpicos é composto por três arcos chamados de “agitos”, nas cores vermelha, azul e verde, que representam o lema “espírito em movimento”. O símbolo paraolímpico foi criado pela agência de publicidade alemã Scholz & Friends e aprovado em abril de 2003. Seu primeiro grande evento foi a cerimônia de encerramento dos Jogos Paraolímpicos de Verão de 2004, em Atenas.

 

Leia também:
Todas as mascotes dos Jogos Paraolímpicos
Curiosidades sobre as Paraolimpíadas
Qual é o certo: Paraolimpíadas ou Paralimpíadas?
O Brasil nas Paraolimpíadas
Como um neurologista alemão lançou a semente dos Jogos Paraolímpicos