ALEXANDRE PIRESAlexandre Pires
O cantor atropelou o vendedor José Alves Sobrinho em 2000. O rapaz, que estava de moto, acabou morrendo. Acusado de homicídio culposo, foi absolvido.

Chorão
O carro de Chorão e do jovem Rodrigo Dias Vieira colidiram em um rua de Santos (SP). Com a batida, a Blazer do cantor subiu na calçada e acabou atropelando três rapazes que estavam no local. Não houve feridos.

Edmundo
O jogador não chegou a ir para a cadeia, mas foi condenado por homicídio culposo e lesão corporal graças a um acidente em 1995. Ele atropelou três pessoas, que morreram após o ocorrido.

João Paulo
Parceiro do cantor Daniel, morreu em um acidente na Rodovia dos Bandeirantes em 1997. Ele estava seguindo para Brotas sozinho, após um show em São Caetano (SP). Com a colisão, o carro onde estava explodiu.

Guilherme de Cássio Alves
Duas pessoas morreram e cinco ficaram feridas no acidente de carro envolvendo o jogador de futebol. Ele bateu sua BMW na saída de Marília (SP) para Assis (SP), para onde se dirigia na companhia de três amigos e quatro garotas de programa. O acidente ocorreu em 2002.

Marjorie Estiano
Na madrugada do dia 23 de outubro de 2005, o carro da atriz e cantora colidiu com a moto de Bruno Serra Lima. O rapaz, em estado grave, precisou ser levado às pressas para o hospital. Marjorie estava saindo de uma festa quando ocorreu o acidente.

Murilo Benício
Em 2004, o ator causou um engavetamento em uma rua do Rio de Janeiro (RJ) ao tentar fugir de um grupo de paparazzis. Ele e a atriz Giovana Antonelli estavam saindo de uma clínica médica quando foram flagrados pelos fotógrafos. Na época, Giovana estava grávida de seu primeiro filho com Benício.

Paris Hilton
A socialite bateu com seu carro na traseira de um caminhão em 10 de novembro de 2005. O acidente ocorreu em Hollywood, Los Angeles (EUA), pouco depois de a loira sair de uma boate. Ninguém se feriu.
Em setembro de 2006 Paris teve problemas novamente com direção. Desta vez ela foi presa e fichada por dirigir embriagada pelas ruas de Hollywood. Segundo o empresário de Paris, ela voltava de uma festa beneficente e bebeu apenas uma margarita. Para a polícia de Los Angeles, o nível alcóolico da moça estava bem acima do normal.