Na Suécia, ABBA não é só o nome de um famoso quarteto musical pop, que fez enorme sucesso entre 1972 e 1982. Depois de quarenta anos do último álbum de estúdio, os quatro anunciaram o lançamento de um disco novo, só com músicas inéditas, no próximo mês de novembro. Haverá também um show, com as versões digitais dos integrantes da banda, em Londres no ano que vem.

Mas existe um outro ABBA – fundado em 1838 e que nunca saiu de cartaz. Trata-se de uma empresa de pescados e frutos do mar, que nasceu na cidade de Bergen. Seu primeiro nome foi Christian Gerhard Ameln A/S. Surgiu como pesqueira e enlatadora de arenque. Somente em 1906 é que a companhia virou ABBA, que é a sigla de AB Bröderna Ameln – ou, em português, Irmãos Ameln Companhia Limitada.

ABBA SEAFOOD

Desde 2014, a ABBA faz parte do grupo sueco Orkla Foods, mas manteve sua tradicional marca em enlatados, molhos, mostardas e outras iguarias como peixes e camarões. Já vendeu até carne de rena. No site abbaseafood.com. a empresa brinca que emprestou o nome ao grupo musical. Na verdade, foi apenas uma coincidência. O nome ABBA é um acrônimo formado pelas iniciais dos nomes de seus quatro integrantes: Agnetha Fältskog, Benny Andersson, Björn Ulvaeus e Anni-Frid Lyngstad. Em 1974, o empresário dos músicos, Stig Anderson, chegou a procurar a empresa para saber se haveria algum impedimento pelo uso do mesmo nome. Ele acreditava que ABBA funcionaria bem em mercados internacionais. A fábrica não se opôs ao uso do nome .