DEMI MOORE

  •  Foi Demi Moore quem começou a onda de posar nua durante a gravidez dentre as celebridades internacionais, em agosto de 1991. Grávida de Bruce Willis, a atriz foi capa da revista “Vanity Fair”. Em 1996, ela afirmou que queria destruir o mito de que “mulheres grávidas não podem ser sensuais.”
  • Sem perder a piada, o humorista Bussunda parodiou  a atriz ao posar “grávido” para ilustrar a reportagem “Desafio à ciência: A gravidez polêmica de Bussunda”, publicada na revista “Casseta Popular”.
  • A musa da Jovem Guarda Wanderléa posou nua e grávida em 1983, para a revista “Status”. Com um barrigão de sete meses, a cantora até hoje acredita serem aquelas as fotos mais bonitas que tirou.
  • Também inspirado no ensaio de Demi Moore, a dançarina Carla Perez posou para a “VIP” em novembro de 2001. Com sete meses de gestação, a ex-integrante do grupo “É o Tchan” seria mãe pela primeira vez.
  • A barriga de Britney Spears foi destaque da edição de agosto de 2006 da revista norte-americana Harper’s Bazaar. Na época, a cantora ainda estava casada com Kevin Federline e esperava o segundo filho do casal, Jayden James, nascido no dia 12 de setembro de 2006. Britney Spears se separou de Federline em novembro do mesmo ano e protagonizou uma série de escândalos pessoais.
  • Foi Paris Hilton quem tornou oficial a gravidez da cantora Christina Aguilera, em setembro de 2007. A patricinha anunciou a gravidez da cantora durante uma festa em Las Vegas. Em novembro, Christina Aguilera confirmou que estava esperando seu primeiro filho com o produtor Jordan Bratman. Christina Aguilera foi capa da revista Marie Claire em janeiro de 2008.
  • A modelo e apresentadora Fernanda Lima posou nua e grávida de gêmeos para Rolling Stone brasileira, em abril de 2008. Os filhos, João e Francisco, nasceram no dia 18 de abril de 2008. Na reportagem, Fernanda Lima afirmou que “Não queria ser uma grávida excluída, queria levar uma vida normal.”
  • Aos 39 anos, grávida de sete meses, a modelo Claudia Schiffer estampou a capa da revista Vogue alemã de junho de 2010.