Os grandes mentirosos da ficção

1 de abril de 2021

Para quem acha que Pinóquio é o único mentiroso da ficção, “O Guia dos Curiosos” preparou uma lista com outros oito personagens que veriam seus narizes crescerem também.

Fletcher Reede – “O Mentiroso”
O filme de 1997 traz Jim Carrey no papel de um advogado mentiroso compulsivo. Ele mente para ganhar casos no tribunal e também em casa, com a mulher e o filho. Até o dia em que se só consegue dizer verdades.

Frank Abagnale – “Prenda-me se for capaz”
Leonardo DiCaprio deu vida a um personagem baseado na história real de um golpista profissional. Frank se passou por piloto de avião, médico e advogado, graças à sua habilidade de mentir e forjar documentos.

Ferris Buller – “Curtindo a Vida Adoidado”
A comédia de 1986 mostra as peripécias de Ferris Buller (Matthew Broderick) para matar aula num dia de sol. Ferris conseguiu fingir que estava doente, mentira perfeita ​para enganar seus pais. Mas não o diretor da escola.

João Grilo – “O Auto da Compadecida”
Inteligente e rápido, João Grilo (Matheus Nachtergaele) não pensa duas vezes antes de contar uma mentira para se livrar de qualquer enrascada ou tirar vantagem de alguém.

Saul Goodman – “Breaking Bad” e “Better Call Saul”
Os criminosos do Novo México (EUA) sabem que “é melhor chamar o Saul” (Bob Odenkirk) quando os policiais chegam perto demais de descobrir suas operações. O advogado não só dirá qualquer mentira para livrar os meliantes da cadeia, como ainda vai criar novas “oportunidades” de trabalho.

Barney Stinson – “How I Met Your Mother”
Barney (Neil Patrick Harris) é capaz de lançar mão de todas as artimanhas possíveis para conseguir o que quer – na maioria das vezes, o plano é conquistar uma nova garota.

Sra. Euphegenia Doubtfire – “Uma Babá Quase Perfeita”
Depois de se divorciar da mulher, Daniel Hillard (Robin Williams) perde a guarda dos filhos. Para continuar vendo as crianças, ele se transforma em Sra. Doubtfire, uma babá divertida e conselheira. Até que o disfarce é desmascarado.

Annalise Keating – “How to Get Away With Murder”
Todo o elenco poderia estar nessa lista, mas a advogada e professora de Direito Annalise Keating (Viola Davis) comanda o festival de mentiras. Os cinco estudantes que atuam com ela ajudam a aumentar o número de manipulações e falsidades da trama.

Alan Harper – “Two and a Half Men”
Era especialista no golpe do “Ih, esqueci a carteira”, que aplicava em todas as mulheres que saíam com ele. Alan (Jon Cryer) decide morar com o irmão, Charlie Harper (Charlie Sheen), e traz o filho junto. Charlie começa a sustentá-los porque se apega ao sobrinho. O próprio Charlie gostava também de contar umas mentiras para suas conquistas amorosas.

Leia também: Personagens que viraram sinônimos de mentirosos

Artigos Relacionados

Preconceito e racismo nos quadrinhos da Segunda Guerra

Preconceito e racismo nos quadrinhos da Segunda Guerra

Durante a Segunda Guerra Mundial, além de filmes e desenhos animados, histórias em quadrinhos recheadas de preconceito e racismo fizeram parte da propaganda bélica. Em 1940, por exemplo, surgiram os "super-heróis com tema patriótico". O primeiro foi "The Shield” e, 14...

O lado sombrio das princesas

O lado sombrio das princesas

Em 2000, os Estúdios Disney lançaram a franquia Disney Princess (Princesas Disney) com o maior sucesso. O que poucas crianças sabem é que boa parte delas são baseadas em contos de fadas muito antigos - e um tanto sombrios. Mas, para garantir uma boa bilheteria, Walt...

Quando os desenhos foram para a guerra

Quando os desenhos foram para a guerra

Durante a Segunda Guerra Mundial, os desenhos animados foram uma poderosa ferramenta da propaganda de guerra. Não só para os americanos. Em 1942, a Paramount Pictures lançou um desenho com o Marinheiro Popeye derrotando um navio de guerra japonês. No ano seguinte,...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This