Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Os 50 anos do “Manual do Escoteiro Mirim” no Brasil

21 de outubro de 2021
  1. A Editora Abril lançou no Brasil o primeiro “Manual do Escoteiro Mirim” em julho de 1971. A edição de capa dura, com 13cm x 19,5cm, tinha um total de 264 páginas.
  2. A edição original – “Manuale delle Giovani Marmotte” – tinha sido publicada na Itália pela Editora Mondadori em outubro de 1969. A Mondadori produziu oito volumes entre 1969 e 1989.
  3. A edição brasileira teve alguns conteúdos adaptados para a realidade nacional, como distâncias rodoviárias entre as capitais do Brasil, os ventos brasileiros, pequeno vocabulário tupi-português e peixes do litoral brasileiro.
  4. O manual teve uma segunda impressão já em dezembro de 1971. Algumas páginas que saíram em preto e branco meses antes ganharam cores. A terceira impressão, em dezembro de 1978, foi feita com 72 páginas a menos, capa flexível e em formato menor.
  5. Os Escoteiros Mirins foram criados pelo ilustrador americano Carl Barks (1901-2000) em 1951 na história “Operação São Bernardo”. O nome em inglês do grupo é Junior Woodchucks. Huguinho, Zezinho e Luizinho, sobrinhos do Pato Donald, fazem parte da trupe. Embora lembrem em tudo o Movimento Escoteiro, os personagens de Barks não têm relação com a organização criada por Robert Baden-Powell em 1907.
  6. O livro apareceu pela primeira vez em 1954 na história “O Segredo da Atlântida”, publicada na revista “Uncle Scrooge” número 5″ [Tio Patinhas]. Chamava-se “Livro do Conhecimento dos Escoteiros Mirins”. Também criação de Carl Barks, a obra teve como inspiração o “Boy Scout Handbook”, anuário publicado pela organização Boy Scouts da América desde junho de 1911.
  7. A edição brasileira do “Manual do Escoteiro Mirim” não trouxe os nomes da equipe que o produziu. A capa é creditada pelos especialistas do Universo Disney ao artista Jorge Kato.
  8. Houve o lançamento de um “2º Manual do Escoteiro Mirim” em setembro de 1976. Depois o “Super Manual do Escoteiro Mirim” em 1979.  As editoras Nova Cultural e Círculo do Livro lançaram também em 1985 a “Biblioteca do Escoteiro Mirim”, uma coleção com 20 volumes, cada um com 128 páginas.
  9. O “Manual do Escoteiro Mirim” abriu uma série de 14 manuais lançados pela editora entre 1971 e 1982. Os outros foram: Tio Patinhas, Professor Pardal, Mickey, Maga & Min, Peninha, Zé Carioca, Gastão, Magirama, 2º Manual do Escoteiro Mirim, Autorama, Vovó Donalda, Jogos Olímpicos e Televisão. Uma das atualizações do “Manual do Zé Carioca” recebeu o nome de “Manual da Copa do Mundo”.
  10. Em 2016, a mesma Editora Abril relançou fac-símiles de seus manuais, começando com o “Manual do Escoteiro Mirim”. A reprodução foi fiel, ignorando até mesmo a reforma ortográfica que já estava em vigência.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Todos os talentos de Lolita Rodrigues

Todos os talentos de Lolita Rodrigues

Ela foi a primeiríssima estrela da TV brasileira. Tanto que, na noite de estreia, foi escalada para cantar o Hino da TV. Nasceu na cidade de Santos (SP), em 10 de março de 1929, e hoje vive com a filha no Nordeste brasileiro. Seu nome de batismo é Sylvia Gonçalves....

Voyage: curiosidades da volta do ABBA

Voyage: curiosidades da volta do ABBA

Depois de 40 anos, o quarteto sueco ABBA lança um novo álbum: "Voyage". O nono álbum de Björn, Benny, Agnetha e Anni-Frid, com 10 faixas em 37 minutos, teve lançamento mundial no dia 5 de novembro. O último tinha sido "Visitors" em 30 de novembro de 1981. A banda,...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This