Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Curiosidades sobre a mensagem de final de ano da Rede Globo

9 de dezembro de 2021
  1. A música “Um novo tempo”, símbolo da mensagem de final de ano da Rede Globo, foi composta por Marcos Valle, Paulo Sérgio Valle e Nelson Motta.
  2. Ela foi gravada pela primeira vez pelo elenco da TV Globo em dezembro de 1971. Regina Duarte e Elis Regina não participaram da gravação e as imagens das duas foram inseridas depois.
  3. Esse primeiro clipe teve a participação do apresentador Sílvio Santos, então contratado da Globo. Um dos destaques foi o galã Tarcísio Meira, figurinha carimbada nos anos seguintes até sua morte, em 12 de agosto de 2021.
  4. A mensagem de final de ano de 1976 foi gravada na cidade cenográfica da Rede Globo. Os artistas usaram os trajes de seus personagens. A mais festejada era Lucélia Santos, que vivia o papel de Escrava Isaura na época.
  5. Para comemorar seus 15 anos, a Globo escolheu uma atriz que também estivesse com a mesma idade: Rosana Garcia, a Narizinho do “Sítio do Picapau Amarelo”.  A vinheta teve o patrocínio da Poupança Continental.
  6. Em 1980, a Globo fez uma homenagem aos profissionais que ficavam nos bastidores: “Essa gente que você não vê faz a TV que você vê”.
  7. A mensagem de 1985 colocou uma árvore de Natal gigante na praça principal de Asa Branca, cidade fictícia da novela “Roque Santeiro”.
  8. As estrelas globais foram convidadas a fazer algo diferente na mensagem de 1991, que teve o título de “Invente, tente, faça um 92 diferente”.
  9. Em 1994, a mensagem de final de ano foi gravada nos estúdios do Projac, que seriam inaugurados no ano seguinte. Os artistas aparecem numa grande mesa de café da manhã ao lado do já falecido dono da Globo, Roberto Marinho, e da mulher, Lilly.
  10. Roberto Carlos, todo de branco, cantou “Um Novo Tempo” na vinheta de 2011. As estrelas da casa fazem homenagens a diferentes profissões.
  11. A vinheta de 2017 foi bastante criticada por ter sido muito parecida com um clipe em que a cidade de Cesena, na Itália, tenta entrar para o Livro dos Recordes como maior banda do mundo, executando “Learn To Fly”, do Foo Fighters.
  12. Por causa da pandemia, em 2020, os artistas não se reuniram. Eles foram gravados individualmente e os abraços foram feitos à base de diferentes tipos de animação. A narração foi de Regina Casé.
  13. A apresentadora Fátima Bernardes não participou da vinheta de 2021 porque estava de licença médica. Juliana Paes, outra ausente, estava gravando no interior do país.

Web Stories

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Filme de 1963 previu a variante Ômicron?

Filme de 1963 previu a variante Ômicron?

Uma imagem do pôster de um filme chamado “The Omicron Variant” ("A Variante Ômicron"), de 1963, teria previsto a chegada da variante do novo coronavírus, que surgiu na África do Sul. A ilustração começou a se espalhar nas redes sociais na primeira semana de dezembro...

Laerte Sarrumor: a voz brasileira de Topo Gigio

Laerte Sarrumor: a voz brasileira de Topo Gigio

O ratinho criado pela italiana Maria Perego em 1958 está de volta às telas, desta vez numa série de 52 episódios de animação exibida no Brasil pela Discovery Kids. Quem dubla Topo Gigio é Laert Sarrumor, apresentador, humorista e vocalista da banda Língua de Trapo....

As curiosidades do Concurso Bebê Johnson

As curiosidades do Concurso Bebê Johnson

A primeira Bebê Johnson da história foi a paulistana Magda Solange Ferreira, em 1957, uma menina loira de olhos castanhos. No caso de Magda, um fotógrafo contratado pela Johnson & Johnson a descobriu na Maternidade Leonor Mendes de Barros, em São Paulo, e ela...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
Scooby-Doo, cadê curiosidades sobre você? “Guinness Book”, o livro dos recordes A história da Starbucks Bob’s: o primeiro fast food do Brasil O projeto e a construção do Cristo Redentor