Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Zé Congonhas e as fotos de celebridades

17 de maio de 2011

Irineu Bernardo da Silva trabalha como zelador em um prédio no bairro do Ibirapuera, na Zona Sul de São Paulo. Mas basta aparecer um dia de folga para esse pernambucano mudar de identidade: ele se transforma em “Zé Congonhas” e passa o dia inteiro no aeroporto que lhe empresta o nome para tirar fotografias com celebridades que chegam ou que saem da cidade.

 

Zé Congonhas já passou das 6 mil fotos com notáveis. William Bonner, Tiririca, Elke Maravilha, Regina Duarte… todos já tiraram fotos com ele. O hobby começou em 1990, quando ele trabalha como segurança no aeroporto. A primeira foto foi com Tarcísio Meira. “Quando o chefe percebeu que eu ficava atrás dos famosos, acabei perdendo o emprego”, conta.

Ele passa de 10 a 12 horas no saguão do aeroporto. Zé não tira os olhos dos portões de embarque e desembarque. Ele sabe de cabeça todos os horários da Ponte Aérea. “Mesmo enquanto estou comendo, não deixo de prestar atenção para não perder ninguém de vista”, afirma.

Luciano Huck

Zezé Di Camargo e Luciano

Marcello Antony

Zé Congonhas (@zecongonhas) | Twitter

Adriane Galisteu

Zé Congonhas tietou Claudia Raia, foi demitido e hoje persegue ...

Neymar

Hoje em dia, o zelador vai sozinho ao aeroporto. Antes, ele era acompanhado pelo filho, o que facilitava na hora de pedir as fotos. De acordo com Zé, ninguém se recusa a posar junto de uma criança. Já com ele… Só conseguiu uma com Antônio Fagundes na sexta tentativa. Ele conta que, certa vez, pediu para fotografar Chorão, vocalista da banda Charlie Brown Jr. O músico ficou bravo quando Zé Congonhas o abraçou em frente à câmera. “Ele disse que não era para encostar”, diz. “Consegui a foto, mas a rasguei assim que cheguei em casa”.

Chorão foi um caso extremo. Normalmente, as pessoas que não querem tirar foto arranjam várias maneiras de se esquivar: fingem falar ao telefone, estar com pressa ou simplesmente ignoram o pedido e passam andando. Zé tem uma lista com os famosos que já o esnobaram. Ela inclui Betty Lago, Regina Casé, Débora Falabella, Ronaldo Fenômeno, Gal Costa, José Wilker, Paula Toller, Marília Pêra e Natália do Vale.

Felizmente, alguns artistas não economizam na simpatia e sempre posam para os flashes de Zé, como Claudia Raia e Zezé Di Camargo. A atriz Lady Francisco já pediu até para tirar uma foto ao lado dele também. Zé Congonhas é bom fisionomista. Só tem um pouco de dificuldade para lembrar dos nomes dos astros de “Malhação”. Então tira as fotos e depois pede ajuda para identificá-los.

Estava chegando de uma viagem ao Rio de Janeiro quando Zé Congonhas veio me entregar seu livro. As 100 melhores fotos de sua coleção foram reunidas em Histórias de Zé Congonhas, lançado em dezembro do ano passado. Os exemplares estão à venda na Livraria da Vila (Rua Dr. Mário Ferraz, 414, Itaim) por 37 reais. Eu ganhei um de presente. Mas Zé Congonhas não pediu para tirar foto comigo…

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Por dentro do Memorial Clara Nunes

Por dentro do Memorial Clara Nunes

O Memorial Clara Nunes, em Caetanópolis-MG, cidade natal da cantora, acaba de completar nove anos. O museu, que já tem 10 mil itens catalogados, está fechado para reformas estruturais no momento. Conversamos com o historiador...

Curiosidades de Tarcísio Meira e Paulo José

Curiosidades de Tarcísio Meira e Paulo José

O pesquisador da história da TV brasileira Magalhães Júnior presta uma homenagem a dois grandes artistas que o Brasil perdeu nos dias 11 e 12 de agosto: Paulo José e Tarcísio Meira. Destacou três curiosidades de cada um deles: ...

Marilyn Monroe e a estátua da discórdia

Marilyn Monroe e a estátua da discórdia

Uma estátua de 8 metros de altura em homenagem à atriz Marilyn Monroe está dando o que falar em Palm Springs, nos Estados Unidos. Manifestantes foram ao local para apontar que a imagem é representada de uma forma depreciativa para as mulheres. [yotuwp type="videos"...

12 Comentários

12 Comentários

  1. Douglas Nascimento

    Com todo o respeito ao Zé Congonhas, existem tantos temas realmente interessantes para virar livro, coisas realmente culturais e importantes…
    … quem quer difundir cultura não consegue lançar livro, mas para este tipo de coisa… isso é Brasil.

    Responder
    • guiadoscurglog

      Bem, Douglas, faltou dizer que o Zé Congonhas pagou o livro. Foi a realização de um sonho dele, bancado com muito sacrifício. Abraços e obrigado sempre pela visita!

      Responder
  2. Douglas Nascimento

    Com todo o respeito ao Zé Congonhas, existem tantos temas realmente interessantes para virar livro, coisas realmente culturais e importantes…
    … quem quer difundir cultura não consegue lançar livro, mas para este tipo de coisa… isso é Brasil.

    Responder
    • guiadoscurglog

      Bem, Douglas, faltou dizer que o Zé Congonhas pagou o livro. Foi a realização de um sonho dele, bancado com muito sacrifício. Abraços e obrigado sempre pela visita!

      Responder
  3. Luciana Lamanna Patti

    Sensacional este post, Marcelo. Adorei conhecer a história do Zé Congonhas. Agora que ficou famoso, quem vai ficar de olho quando estiver no aeroporto para tirar foto com ele, sou eu! rs

    Responder
  4. Luciana Lamanna Patti

    Sensacional este post, Marcelo. Adorei conhecer a história do Zé Congonhas. Agora que ficou famoso, quem vai ficar de olho quando estiver no aeroporto para tirar foto com ele, sou eu! rs

    Responder
  5. Tarcísio Bruno

    ZÉ CONGONHAS DE MULLETS, NA 2ª FOTO. KK

    Responder
  6. Tarcísio Bruno

    ZÉ CONGONHAS DE MULLETS, NA 2ª FOTO. KK

    Responder
  7. sandra

    Ze qual o melhor dia da semana para encontrar com artistas, sabado é bom?

    Responder
  8. sandra

    Ze qual o melhor dia da semana para encontrar com artistas, sabado é bom?

    Responder
  9. Lucas Ceni

    Muito enteressante esse livro, tem muitos ai que tem vontade de fazer igual ao Zé congonhas e não tem coragem! Bela entrevista Marcelo. Parabens.

    Responder
  10. Lucas Ceni

    Muito enteressante esse livro, tem muitos ai que tem vontade de fazer igual ao Zé congonhas e não tem coragem! Bela entrevista Marcelo. Parabens.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This