Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Galdino de Jesus

24 de abril de 2019

 

O índio pataxó Galdino Jesus dos Santos resolveu dormir numa parada de ônibus da avenida W/3 Sul, em Brasília. Ele foi da Bahia para a capital participar das festividades do Dia do Índio e defender a demarcação da reserva pataxó. Voltou tarde para a pensão em que estava hospedado e não conseguiu entrar.

Por volta das 5 horas da madrugada de 20 de abril de 1997, cinco adolescentes da classe média alta de Brasília jogaram álcool e atearam fogo no índio. Algumas pessoas tentaram socorrer Galdino, que foi levado para um hospital. Uma testemunha anotou a placa do Monza preto usado pelos rapazes. “Queríamos assustar um mendigo, não sabíamos que era um índio”, disse Antônio Novély Cardoso Villanova, um dos assassinos. Queimado da cabeça aos pés, o índio morreu 22 horas depois.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Sequestro do ônibus 174

Sequestro do ônibus 174

  Sandro Barbosa do Nascimento, 21 anos, sequestrou um ônibus da linha 174 (Central – Gávea) no Rio de Janeiro, no dia 12 de junho 2000, uma segunda-feira. O caso ficou conhecido como " Sequestro do ônibus 174". O sequestro durou cerca de cinco horas. Sandro...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This