PIPOCA

Outro dia, fazendo compras, procurei por pipoca no supermercado e não encontrei. Ou melhor, não havia pipoca sabor pipoca. Hoje há uma porção de sabores: manteiga, bacon, queijo, caramelo, chocolate, meio doce meio salgada. Assim é no Brasil. Lá fora,  existem opções mais estranhas ainda. A empresa canadense Kernels, por exemplo, fabrica pipoca de picles, vinagre, ketchup e cheddar branco. Achou diferente? Mais curiosos são os temperos desse fabricante, como os molhos Nacho e Dill-irious (um trocadilho com o nome da erva endro com delírio). Tem duas opções de tempero de cheddar, mas só provando para saber por que levam nomes diferentes: Oh Canadian Cheddar (Oh Cheddar Canadense) e Mmmm Cheddar. A Kernels tem quiosques em vários shoppings do Canadá, sempre cheios. O cliente escolhe o tipo de pipoca na vitrine e também o tamanho da embalagem.

Os Estados Unidos também têm uma empresa de pipocas que é um estouro:  a 479º Popcorn. O nome vem da temperatura que faz o milho estourar e virar pipoca. São oito sabores exóticos:

O Brasil fica para trás? Claro que não. A Flavored Popcorn fabrica óleos para serem misturados ao milho na hora de estourar a pipoca, e deixá-la com um gosto diferente. Os sabores doces são cereja, pêssego, banana, morango, café, castanha, coco, bombom, brigadeiro, pistache, pina colada, nozes, marshmallow, doce de leite, banana com canela, baunilha, caramelo, chocolate, chocolate com coco, chocolate branco e maçã. Para quem prefere pipoca salgada, a empresa vende salsa e cebola, tomate e queijo, ervas finas, parmesão com alho, pizza, frango assado, queijo, parmesão, 4 queijos, cheddar, presunto, churrasco, calabresa, bacon e picanha. Em resumo, de grão em grão, o jeito é pedir pipoca com parmesão!