O cachorrinho Terry fez o papel de Totó, o animal de estimação da menina Dorothy (Judy Garland), no clássico O mágico de Oz, em 1939. Pelo trabalho, ele recebeu 125 dólares por semana. Foi o cachê mais baixo da equipe.