O Colírio Moura Brasil foi lançado em 1913 pelo oftalmologista cearense José Cardoso de Moura Brasil. Radicado no Rio de Janeiro, o Dr. Moura Brasil morreu em 31 de dezembro de 1928, aos 80 anos, e não teve tempo de ver o sucesso de sua criação. Nas mãos de seus descendentes, o Colírio Moura Brasil ganhou fama de verdade a partir de 1934, quando começou a ser anunciado em programas de rádio, com jingles cantados por estrelas em ascensão, como Ângela Maria e Luiz Gonzaga.

Patrocinou também programas importantes, como “Curiosidades Musicais”, apresentado pelo cantor, compositor e radialista Almirante (Henrique Foréis Domingues) e transmitido em rede para várias partes do Brasil pela Rádio Nacional. O slogan mais conhecido era “duas gotas, dois minutos, dois olhos limpos”. Com o crescimento da demanda, o Laboratório Moura Brasil teve que se associar a outro laboratório, o do farmacêutico Orlando Rangel.

Em 1960, os cantores Celly Campello e Carlos José gravaram a publicidade que anunciava novidades do produto, como a “embalagem plástica inderramável”.

A marca não pertence mais à família e já trocou de dono várias vezes. O Dr. Moura Brasil foi considerado o principal oftalmologista do período imperial brasileiro Império e foi primeiro presidente da Academia Nacional de Medicina, de 1889 a 1891. É o patrono da cadeira 66.