Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Benelux

24 de abril de 2019

 

No dia 2 de novembro de 1960, Bélgica, Holanda e Luxemburgo assinaram o Tratado de Benelux, abolindo as barreiras alfandegárias entre os três países.

Comunidade Britânica
Também chamada de Commonwealth, a Comunidade Britânica foi criada em 1926, por ex-colônias da Grã-Bretanha, suas dependências e as de Austrália e Nova Zelândia. A sede fica em Londres. Um de seus objetivos é justamente abolir as tarifas comerciais entre seus participantes. A maior parte dos membros da Comunidade Britânica são identificados pelo símbolo inglês colocado no canto superior esquerdo de uma bandeira toda azul: Austrália, Nova Zelândia, Ilhas Cook, Bermudas, Ilhas Virgens Britânicas, Ilhas Cayman, Montserrat, Ilhas Pitcairn, Turks e Caicos, Tuvalu, Fiji. Países como Bahamas e Canadá também fazem parte da Comunidade Britânica, mas modificaram as suas bandeiras.

Mercado Comum Europeu
Também veio para derrubar as barreiras comerciais entre seus participantes. Foi criado em 1957 por Alemanha, Bélgica, França, Itália, Luxemburgo e Holanda. Depois entraram Dinamarca, Grã-Bretanha e Irlanda (1973), Grécia (1981), Portugal e Espanha (1986), Áustria, Suécia e Finlândia (1995).

Mercosul
Foi a vez de países sul-americanos iniciarem um movimento para derrubar as taxas alfandegárias. O Mercado Comum do Cone Sul, ou apenas Mercosul, começou a vigorar em 1º janeiro de 1995. Participam Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai.

Odeca
Fundada em 1951, a Organização dos Estados da América Central tem a mesma missão das duas entidades anteriores.

OEA
A Organização dos Estados Americanos, criada em 1948, reúne 32 países das três Américas. Sua sede é em Washington, nos Estados Unidos. O objetivo é promover a solidariedade e defender a soberania dos seus membros.

ONU
A Organização das Nações Unidas foi criada no dia 24 de outubro de 1945, formada inicialmente por 51 países. O Brasil estava entre eles. Atualmente, é integrada por 189 dos 192 Estados do mundo. Na sede da ONU, em Nova York (Estados Unidos), os representantes dos países debatem assuntos de interesse mundial.

Opep
É a Organização dos Países Exportadores de Petróleo, criada em 1960. Fazem parte do grupo: Argélia, Arábia Saudita, Catar, Emirados Árabes Unidos, Gabão, Indonésia, Irã, Iraque, Kuwait, Líbia, Nigéria e Venezuela. Juntos, esses países controlam dois terços das reservas de petróleo do mundo.

Otan
A Organização do Tratado do Atlântico Norte foi formada em 1949 com o objetivo de proteger os países que a criaram do avanço do comunismo. Trata-se de um acordo de cooperação militar entre Alemanha, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, França, Grécia, Holanda, Islândia, Itália, Luxemburgo, Noruega, Portugal, Reino Unido e Turquia. Em junho de 1994, a Rússia assinou o acordo de Associação para a Paz com a Otan.

OUA
A Organização da Unidade Africana foi fundada em 25 de maio de 1963, mas a sua bandeira só apareceu em 1970. O verde representa a vegetação e o ouro, os desertos do Norte. O branco simboliza a paz e a unidade. Não há a cor preta por uma razão: nem todos os países africanos têm população negra e a bandeira deveria evitar qualquer tipo de discriminação. O Marrocos é o único país que não faz parte da organização.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Arremesso de ovos na Dama de Ferro

Arremesso de ovos na Dama de Ferro

Um grupo de Facebook reuniu cerca de 15 mil interessados em participar de uma competição de arremessos de ovos na nova estátua da ex-primeira-ministra britânica Margareth Thatcher. Foi a forma que encontraram para protestar contra a estátua de bronze de 6 metros de...

Debates curiosos

Debates curiosos

  Em 1985, durante as eleições municipais, Eduardo Suplicy (PT), que disputava a prefeitura de São Paulo, compareceu ao debate da Globo levando consigo uma tartaruga e um coelho de pelúcia, símbolos de sua campanha. No mesmo pleito, o jornalista Boris Casoy...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This