Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Edição histórica do jornal “Charlie Hebdo” chega às livrarias paulistanas amanhã. Exemplar na internet vale até 15 mil reais

28 de janeiro de 2015

No começo da semana passada, os principais portais informaram que a edição histórica do jornal satírico francês Charlie Hebdo, lançada em homenagem aos cartunistas mortos por terroristas muçulmanos em Paris, chegaria ao Brasil nesta segunda-feira (26). Só que, em seguida, os brasileiros souberam por uma notícia publicada pelo jornal “O Globo” que as vendas haviam sido canceladas. Na tarde de hoje, o Blog do Curioso apurou que a edição especial de Charlie Hebdo, com uma ilustração do profeta Maomé chorando na capa, chegará amanhã, dia 29, às principais lojas das livrarias Cultura e Saraiva e em algumas bancas da cidade de São Paulo e, na próxima semana, em 15 capitais brasileiras. charlie hebdo brasil “Houve algum desencontro nas informações”, afirma Bruno Tortorello, diretor-geral da Dinap, distribuidora vinculada à Editora Abril, que fará a logística de entrega dos 10 mil exemplares que serão vendidos no país. Cada exemplar custará R$29,90. “Uma estimativa errada do prazo de entrega nos atrapalhou, apesar de o serviço aduaneiro ter trabalhado como o esperado”. O atraso causou temor na supervisora comercial Regina Marcondes, que está cuidando da distribuição da edição do Charlie Hebdo na rede de livrarias Saraiva. No início da semana, era possível encontrar o jornal em pré-venda no site da Saraiva, mas o produto foi retirado do ar depois de algumas  horas – ainda assim alguns compradores conseguiram fazer a reserva. “Ficamos preocupados em não atender às expectativas dos clientes”, conta Regina. “Ainda bem que já tínhamos alguns exemplares disponíveis e pudemos preparar o envio”.
No site de comércio eletrônico Mercado Livre, vendedores já estão oferecendo a edição de Charlie Hebdo no Brasil. Os preços vão de 99 a inacreditáveis 15 mil reais. O valor aumentou quando saiu a notícia do cancelamento da venda.  Na França, o jornal custou 3 euros (algo em torno de 10 reais). A tiragem de 5 milhões de exemplares esgotou-se em apenas um dia. “Comprei quatro exemplares no ebay, paguei 500 reais no total e agora estou esperando que elas cheguem de navio até o dia 12 de fevereiro”, revela o potiguar Daniel Castro, 16 anos, que há 5 meses revende produtos importados no Mercado Livre. “Procurei o jornal na internet e vi que estavam pedindo muito dinheiro. Pensei que daria para ganhar um bom dinheiro por aqui”. Ele anunciou três exemplares por 1 000 reais cada um – o quarto será emoldurado e guardado. “Agora eu não sei bem como vai ser”, reclama.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Criador do Cubo Mágico lança livro de memórias

Criador do Cubo Mágico lança livro de memórias

Acaba de ser lançado nos Estados Unidos  “Cubed - The Puzzle of Us All”, livro de memórias do professor de arquitetura húngaro Erno Rubik, que criou o famoso Cubo Mágico - e, por isso, também chamado Cubo de Rubik. Quando inventou o brinquedo, em 1974, Rubik não tinha...

1 Comentários

1 Comentário

  1. rodrigo

    O charlie hebdo em portugues,ja esta nas banca de São Paulo e Rio de Janerio tambem. a venda

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This