CACHORROS APRONTANDO POR TODA PARTE VIRAM NOTÍCIA

Por causa de um cão pastor alemão, o metrô de Barcelona, na Espanha, ficou paralisado por cerca de três horas. O animal estava nos trilhos e foi perseguido por cinco bombeiros, funcionários do metrô e da carrocinha até ser capturado.

Diante de um copo amarelo, o cachorro Main chamava a atenção dos pedestres da cidade de Bangkok, na Tailândia. Seu dono, um mendigo, o ensinou a pedir esmolas e o animal chegou a faturar até R$ 55,00 por dia.

Preta é uma cachorrinha de Sobrado, cidade do norte de Portugal. Todos os domingos ela percorria sozinha 26 quilômetros até chegar à cidade vizinha de Ermesinde. Às 7h30, ela coloca-se ao lado do altar da igreja e assistia à missa, levantando-se e sentando-se junto com as pessoas. Quando a missa acabava, Preta voltava para sua casa, às vezes de carona em carros de pessoas conhecidas.

Um fiel pastor alemão chamado Basmach negou-se a receber comida de outra pessoa que não fosse seu dono. O problema é que o dono do cão era o ditador da província de Ajária, Aslan Abashidze, que foi deposto, expulso do país e desprovido de todos os seus bens, inclusive sua coleção de cães. Como Basmach não aceitou a decisão, ele teve que ser devolvido ao ditador em Moscou.

Pesquisadores austríacos descobriram que um cão pára de obedecer a uma ordem quando ele percebe que outro cão está recebendo uma recompensa maior por executar o mesmo comando. A habilidade, chamada de “aversão à desigualdade” só tinha sido percebida em seres humanos e primatas.