Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Empresa quer recriar os mamutes, extintos há quatro mil anos

19 de outubro de 2021

Uma startup americana de biociência chamada Colossal – criada pelo empresário de tecnologia Ben Lamm e pelo geneticista George Church, da Harvard Medical School – se lançou num desafio pra lá de colossal. Com uma tecnologia de manipulação genética, a empresa pretende “reviver” o mamute peludo (ou lanoso). O plano é trazer essa criatura extinta há quatro mil anos de volta à vida até 2030.

Prev 1 of 1 Next
Prev 1 of 1 Next

A empresa reconhece que reviver o mamute de volta exatamente como era há milênios não é viável. Por isso, a equipe decidiu criar um “híbrido de elefante com mamute, geneticamente modificado com características para ajudá-lo a sobreviver no Ártico.”

A Colossal planeja criar esses híbridos de elefantes com embriões criados em laboratório. Isso seria feito com células da pele de elefantes asiáticos ameaçados de extinção e “reprogramando-as” em células-tronco versáteis imbuídas de DNA de mamute. Segundo a empresa, o DNA dos elefantes asiáticos e dos mamutes são 99,6% iguais. O resultado seria um elefante com características essenciais de mamute, como seu longo cabelo e camadas de gordura isolantes. “Nosso objetivo é fazer um elefante resistente ao frio, mas terá a aparência e o comportamento de um mamute”, explica Church.

Depois da desextinção do mamute, a ideia da Colossal é passar a criar outras espécies atualmente extintas, ao mesmo tempo em que aumentará os esforços para a conservação de animais ameaçados de extinção. A empresa levantou 15 milhões de dólares em financiamento de vários investidores para este projeto. O projeto foi visto com ceticismo por vários especialistas.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Por que a abelha morre ao picar uma pessoa?

Por que a abelha morre ao picar uma pessoa?

As espécies nativas ou brasileiras, como jataí, mandaçaia e arapuá, não possuem ferrão e, portanto, não oferecem perigo. Já as européias, que posteriormente foram cruzadas com as africanas e hoje recebem o nome de "africanizadas", são muito perigosas! Algumas delas...

Roupinhas de “Round 6” para cães e gatos

Roupinhas de “Round 6” para cães e gatos

A loucura que tem sido o sucesso de "Round 6" ("Squid Game", no original), série sul-coreana exibida pela Netflix, chegou ao mundo pet. A Canis Club, marca de roupas para animais de estimação de Hong Kong, saiu na frente. Lançou as indumentárias verdes dos...

Como saber se uma aranha é venenosa?

Como saber se uma aranha é venenosa?

Todas as espécies de aranhas têm veneno. Elas são caçadoras, principalmente de insetos, e usam o veneno para capturá-los. Entre as milhares de aranhas do mundo, apenas algumas têm veneno forte o suficiente para causar algum dano aos humanos. E, ao contrário do que...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This