Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

10 lendas animais que foram desvendadas

24 de abril de 2019

Elefantes não têm medo de ratos

Um rato, para os elefantes, é como uma formiga para nós.

As avestruzes não enfiam a cabeça na terra

Se fizessem isso, morreriam sufocadas. Suas pernas são suficientemente grandes para essas aves se defenderem de quem as ataca – ou para fugirem correndo. Elas, na verdade, encostam o ouvido no chão para perceber a vibração do solo e a aproximação de eventuais predadores. Nessa posição, o animal também consegue se misturar com a vegetação e afastar qualquer perigo de ataque.

Os camelos não armazenam água em suas corcovas

A corcova é um grande depósito de gordura. O corpo do camelo vai usando a gordura das corcovas aos poucos como alimento. Por isso eles podem viajar longos períodos pelo deserto sem comer, o que faz as corcovas diminuírem de tamanho nessas ocasiões.

O elefante não bebe água com a tromba

A tromba é o nariz do elefante e funciona como um canudo. Ele puxa a água e a esguicha na boca ou nas costas. Ele é capaz de armazenar 10 litros de água na tromba.

Papagaios não falam

Os papagaios apenas imitam os sons que ouvem. Os formatos recurvados do bico, do palato (céu da boca) e da língua, associados à parte respiratória, facilitam a reprodução de sons mais graves, parecidos com a voz do homem. O mainá, pássaro nativo da Índia, imita a fala humana com mais fidelidade que o papagaio.

O pônei não é um cavalo bebê

O pônei é, na verdade, uma espécie de cavalo anão. Mesmo adulto, jamais chegará ao tamanho de um cavalo.

A centopeia não tem 100 pernas

De acordo com a espécie, a centopeia pode ter de 28 a 354 patinhas. Ainda assim, é o animal com mais pernas do mundo.

Mamães pássaros não rejeitam filhotes tocados por humanos

A lenda deve ter surgido de uma tentativa de inibir pessoas que, com a maior boa vontade, devolvem filhotes de pássaros “perdidos” ao seu ninho. Isso porque esses filhotes geralmente não estão perdidos, mas aprendendo a voar. Mas fique tranquilo: se você atrapalhar as aulas do bebê e devolvê-lo ao ninho, a mãe dele não vai nem perceber. O olfato da maioria dos pássaros é pouco desenvolvido e não permite tamanha perspicácia.

Tocar um sapo não dá verruga

Alguns sapos têm caroços na pele que parecem verrugas, e muita gente pensa que são contagiosos. A verruga, na verdade, é causada por um vírus específico dos humanos. Mas cuidado: tocar a parte posterior das orelhas de sapos pode ser bastante perigoso. Essas glândulas parótidas contêm veneno que causa irritação na pele humana.

A fêmea do louva-a-deus não devora o macho depois do ato sexual

Segundo a lenda, a primeira vez do louva-a-deus macho é sempre sua última: antes do final do ato sexual, a fêmea arrancaria e devoriaria sua cabeça. Mas o comportamento está longe de ser uma regra. Observando a cópula de louva-a-deuses, cientistas constataram que a decapitação do macho acontece em apenas 1 em 69 casos.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Por que a abelha morre ao picar uma pessoa?

Por que a abelha morre ao picar uma pessoa?

As espécies nativas ou brasileiras, como jataí, mandaçaia e arapuá, não possuem ferrão e, portanto, não oferecem perigo. Já as européias, que posteriormente foram cruzadas com as africanas e hoje recebem o nome de "africanizadas", são muito perigosas! Algumas delas...

Roupinhas de “Round 6” para cães e gatos

Roupinhas de “Round 6” para cães e gatos

A loucura que tem sido o sucesso de "Round 6" ("Squid Game", no original), série sul-coreana exibida pela Netflix, chegou ao mundo pet. A Canis Club, marca de roupas para animais de estimação de Hong Kong, saiu na frente. Lançou as indumentárias verdes dos...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This