Zagreb, capital da Croácia, está cheia de museus. Tem a Galeria Strossmayer, o Museu Arqueológico, o Museu Mimara, e o Museu Etnográfico. Só que a atração turística mais curiosa da cidade é o Museum of Broken Relationships (“Museu de Relacionamentos Terminados”).
Criado pelos artistas Olinka Vištica e Dražen Grubišić, o museu reúne uma coleção de lembranças de  términos de namoro ou casamento. São fotos, bichos de pelúcia, alianças, cartas e os mais variados presentes. Reuni-los ali seria uma forma de superar o momento de dor por meio de uma criação artística.

Museu de Relacionamentos Terminados

O acervo é itinerante e já foi exposto em países como Estados Unidos, Eslovênia, África do Sul e Argentina. Ao lado dos objetos, aparece um breve resumo de sua história. Há uma prótese de perna de um soldado da Guerra dos Bálcãs que se apaixonou por uma enfermeira. O machado que um homem usou para destruir móveis da ex-namorada (que se apaixonou por outra garota) também está lá – junto com a mobília.

Museu de Relacionamentos Terminados 2

Existe ainda um acervo virtual que recebe contribuições de qualquer pessoa pela internet. É só fazer o cadastro e publicar fotos, e-mails e mensagens de celular com declarações de amor que trazem tristes lembranças. Se as memórias ainda forem muito dolorosas, dá para deixá-las “trancadas” no site por três ou seis meses até que a pessoa se recupere.
(sugestão de Maiara Bastianello)