CREME DENTAL Close Up

A tradicional marca de pasta de dentes da Gessy Lever surgiu em 1967 nos Estados Unidos. Foi o primeiro produto de higiene bucal voltado para o público jovem. Destacava-se pela cor vermelha da pasta. No Brasil, chegou às prateleiras em 1971. Ganhou novas cores, como o azul, o verde e o amarelo.

Colgate

 

A industrialização do creme dental começou em 1890 nos Estados Unidos. Mas a Colgate, fundada em 1806 pelo imigrante William Colgate (1783-1857), iniciou seus negócios com a fabricação de sabonetes, cola e velas na cidade de Baltimore. Inicialmente, Colgate era sócio de Francis Smith. Mas a sociedade foi desfeita e, em 1813, seu irmão Bowles passou a ser o novo sócio. A empresa, então, ganhou o nome de William Colgate & Company. No ano de 1866, a empresa lançou no mercado o sabonete perfumado, além de produzir perfumes e essências. O sabonete Cashmere Bouquet surgiu em 1872. O creme dental Colgate começou, na verdade, como um pó vendido em latas. Depois, em 1876, se transformou em uma pasta cremosa e aromática, embalada em tubos flexíveis de estanho. A caixinha explicava que, “saindo em tiras”, o produto era mais econômico, pois ele não cairia da escova. As laterais da caixa traziam instruções de como ir dobrando o tubo para que a pasta saísse.

Em 1928, a Colgate se associou à Palmolive-Peet Company, que se dedicava à fabricação de sabonetes. Em 1947, a nova empresa lançou o Ajax, um novo produto na categoria de limpeza doméstica.

No ano de 1927, a Colgate passou a vender seu creme dental no Brasil, seguida anos depois pela Gessy e pela Kolynos. Em 1995, a empresa comprou a marca de pasta Kolynos na América do Sul.

Kolynos

 

A fórmula do creme dental Kolynos foi apresentada pela primeira vez em 1908 num encontro entre dentistas norte-americanos. Criado por Neal S. Jenkins, o produto passou a ser fabricado pela The Kolynos Company e chegou ao Brasil em 1917 por intermédio da Casa Círio, uma importadora do Rio de Janeiro. O creme dental começou a ser produzido no país em 1929. A Colgate-Palmolive adquiriu a marca em janeiro 1995. Com a compra, 56% do mercado brasileiro de creme dental estava na mão de uma só empresa. Por isso, a marca foi obrigada a mudar de nome, passando a se chamar Sorriso. O último lote de Kolynos foi fabricado em maio de 1997. O produto trazia na embalagem a frase “Kolynos vai sair de férias mas a gente vai continuar a cuidar do seu sorriso”.