“Onde foi que eu esqueci a minha carteira?”. Cansado de perder seus guarda-chuvas, o canadense Daniel Eckler imaginou um dispositivo que o ajudasse a não passar pelo constrangimento de ficar molhado o tempo todo, mas percebeu que a ideia poderia ir mais longe. “Quando começamos a nos perguntar sobre o bem mais importante que as pessoas perdiam, sabíamos que não seriam guarda-chuvas, e sim carteiras”, conta Eckler. Na tecnologia desenvolvida pela Mijlo, empresa do canadense de 29 anos, há um sensor Bluetooth dentro da carteira que está conectado a um aplicativo instalado no celular. O usuário pode programar a distância em que pode ficar longe da carteira – chega até 36 metros – e, quando atingir a metragem estipulada, o celular apitará.

CARTEIRA IMPERDÍVEL

A “Where’s Wallet” (Onde está a carteira) é o terceiro projeto de Daniel Eckler no Kickstarter, site americano de financiamento coletivo. No início da campanha, o canadense pedia 30 mil dólares para tirar a ideia do papel. E conseguiu. Faltando 23 dias para o fim do período de doações, arrecadou quase 2 mil dólares a mais do que almejava. Eckler espera que as carteiras já estejam nas lojas em agosto deste ano. “É muito dolorido perder uma carteira, porque dentro você carrega dinheiro e vários documentos”, diz o criador do produto. “Felizmente, nunca perdi a minha”.

Os três modelos de carteira vão de 59 a 99 dólares. Eckler garante que são feitas com couro de ótima qualidade. No interior, possuem três compartimentos para cartões e um para dinheiro. “O maior desafio foi fazê-la pequena, com design atraente, sem ser volumosa e feia”, explica. Apesar de considerar a carteira “imperdível”, o canadense não garante encontrá-la quando for roubada. “Você teria que correr atrás do ladrão rapidamente e se manter sempre a no mínimo 36 metros de distância”, calcula. “Estamos planejando fazer uma com GPS, para ser encontrada em qualquer lugar do mundo”.