ROBÔO tcheco Carel Kapec inventou o termo robô em 1921, para uma peça de teatro chamada R.U.R. (Rossum?s Universal Robots). A palavra vem de robota, que significa “trabalho escravo”. Mas máquinas capazes de realizar trabalhos e movimentos humanos existem desde o século 18. Alguns reis costumavam dar de presente bonecos mecânicos desenvolvidos por engenheiros da corte. Eles realizavam movimentos repetitivos e imitavam atividades feitas pelo homem, como tocar instrumentos musicais.

O primeiro mecanismo automatizado que substituiu a mão-de-obra humana foi um tear criado pelo francês Jacquard em 1801. Ele funcionava com cartões perfurados. Cada combinação de furos correspondia a um tipo de textura de tecido.

Em 1946, o norte-americano George Devol criou um dispositivo controlador de mecanismos robotizados. O engenheiro também foi responsável, junto com o físico Joe Engelberger, pela construção do primeiro robô industrial moderno.