Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

O que é a maçonaria?

24 de abril de 2019

A palavra maçom tem origem francesa, maçon, que significa pedreiro. A maçonaria também é conhecida como Francomaçonaria. O nome se originou por influência dos mestres-de-obra das catedrais medievais. Na Inglaterra, o termo usado é freestone mason.

A maçonaria é uma entidade filantrópica, parcialmente secreta e não religiosa. Ela busca a verdade, com base na razão e na ciência, e estuda as leis da natureza. Os integrantes desta sociedade devem seguir rígidos valores morais e éticos.

A origem da maçonaria remonta a Idade Média. Nos tempos modernos é reconhecida a fundação da Grande Loja de Londres, na Inglaterra, em 24 de junho de 1717. Ela agrupa cerca de onze milhões de membros em todo o mundo e funciona como guardiã da ortodoxia maçônica.

Outra loja reconhecida internacionalmente é o Grande Oriente da França. Ele se mantém fiel à constituição de Anderson, firmada em 1723, com influência iluminista.

Regra geral, em todo o mundo, as Grandes Lojas são reconhecidas pela Grande Loja Unida da Inglaterra, enquanto os Grandes Orientes seguem a instituição francesa. Mas existem exceções, já que a maçonaria não possui uma autoridade internacional regularizada e reconhecida como tal. Cada país acaba tendo uma ou mais lojas de grande porte que reconhecem as menores.

Para a maçonaria, tudo o que existe foi criado por um Deus único, chamado de o Grande Arquiteto do Universo. Além de pregar a imortalidade do espírito, a filosofia maçônica combate todo tipo de dogma e superstições. A felicidade é conseqüência natural da elevação espiritual e da consciência tranqüila.

O lema que motivou os revolucionários franceses, “liberdade, igualdade e fraternidade”, também rege a maçonaria. Todos os homens são iguais, independentemente da origem étnica, religião ou posições políticas. Os direitos e deveres também devem ser os mesmos para todos. Os homens devem se tratar como irmãos, já que são criaturas de um único Criador.

A ciência, a justiça e o trabalho são exercícios fundamentais para o maçom. Enquanto a ciência esclarece e eleva o espírito, a justiça enaltece as relações humanas. O trabalho é fundamental para que o homem se torne digno e independente. A prática da virtude faz com que o maçom cumpra seus deveres com a família e com a sociedade sem impor seus interesses pessoais. A fraternidade universal pode ser resumida na frase: ?respeito a Deus, amor ao próximo e dedicação à família?.

A principal regra a ser seguida é a Constituição de Anderson, de 1723, formulada por Anderson, Payne e Desaguilliers, para a recém-fundada Grande loja de Londres.

Os segredos da maçonaria são: os meios usados pelos maçons para se reconhecerem entre si, em qualquer lugar do mundo, o modo de interpretar os símbolos e como são feitos os rituais maçônicos.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A maçonaria no Brasil

A maçonaria no Brasil

  A sociedade existia no Brasil desde 1797, antes mesmo da família real portuguesa se instalar no país. Mas, em 1815, alguns estudantes brasileiros, recém-saídos da Universidade de Coimbra e iniciados na maçonaria de Portugal, se comprometeram a lutar pela...

O templo

O templo

  As reuniões maçônicas são realizadas em "lojas". Dentro delas é proibido fazer pregações religiosas e políticas. O objetivo é garantir a liberdade de pensamento e evitar a sobreposição de uma doutrina em detrimento de outra. As discussões sectárias em nome da...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This