1. O biólogo e sociólogo Alfred Charles Kinsey nasceu no dia 23 de junho de 1894 na cidade Hoboken, em Nova Jersey, nos Estados Unidos.
  2. Ele se dedicou ao estudo das vespas por 20 anos.
  3. Em 1942, o cientista começou a pesquisar os hábitos, tendências e práticas sexuais da população norte-americana. Ele entrevistou 18 mil norte-americanos brancos sobre o assunto entre 1948 e 1956. Os resultados foram apresentados em dois livros, conhecidos como Relatório Kinsey. “O Comportamento Sexual do Homem” (1948) e “O Comportamento Sexual da Mulher “(1953) tiveram grande impacto nas sociedades orientais e contribuíram para a liberação da mulher.
  4. O congressista Steve Stockman deu início a uma investigação para determinar se os relatórios do sociólogo eram o resultado de fraude ou delito criminal. Ele tomou esta medida após a publicação do livro “Kinsey, Sex and Fraud: The Indoctrination of a People” (Kinsey, Sexo e Fraude: A Doutrinação de um Povo), que acusava Kinsey de fazer experimentos sexuais com crianças durante sua pesquisa. Nada ficou provado.
  5. Na canção Too Darn Hot, escrita por Cole Porter para o musical da Broadway “Kiss me Kate” (Beije-me Kate), há um verso que diz: “De acordo com o Relatório Kinsey, todo homem que você conhece prefere praticar seu esporte favorito quando a temperatura está baixa”. A música foi gravada por Ella Fitzgerald, entre outros artistas.
  6. Kinsey morreu de pneumonia no dia 25 de agosto de 1956.
  7. A história do cientista foi retratada no filme “Kinsey – Vamos Falar de Sexo”, estrelado por Liam Neeson e Laura Linney. Laura recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante pelo papel.