Você provavelmente já ouviu um scat singing… mas sabe o que é isso? O recurso, bastante utilizado pelos cantores de jazz, consiste na improvisação de sílabas e palavras sem sentido no meio da música, de forma a criar um som parecido com o de um solo instrumental. Segundo a Enciclopédia Britânica, a técnica tem antecedentes na prática de alguns artistas da África Ocidental de atribuir sílabas fixas aos padrões de percussão, mas só se tornou conhecida em 1926, quando Louis Armstrong gravou a canção “Heebie Jeebies”. Confira abaixo outros exemplos de scat singing:

Mahna- Mahna (1968)

A canção foi criada pelo italiano Piero Umiliani em 1968 e fez parte da trilha sonora do documentário “Suécia: inferno ou paraíso”, lançado no mesmo ano. Mas ficou popular mesmo ao ser cantada pelos personagens da série de TV americana “Os Muppets”.

Samba de uma nota só (1969)

A música foi composta por Tom Jobim em parceria com Newton Mendonça. Mais tarde, ganharia uma versão em inglês, com letra escrita pelo próprio Jobim. Em 1969, Ella Fitzgerald decidiu gravá-la e adotou o recurso do scat singing.

Pigmalião 70 (1970)

De autoria do compositor Marcos Valle, a música foi tema de abertura da novela homônima da Globo, em 1970. Ela foi gravada pelo grupo “Umas e Outras”.

Papaya (1976)

Prev 1 of 1 Next
Prev 1 of 1 Next

Outra música com scat singing que serviu de tema de abertura para uma novela global foi “Papaya”, criada pela cantora e compositora polonesa Ursula Dudziak. A novela em questão é “Anjo Mau”, de 1976.

(com a colaboração de Antonio Mier)