Quem inventou o ponto de interrogação?. A versão mais conhecida para o surgimento do sinal é que, em latim, todas as perguntas escritas tinham a palavra quaestio. Na Idade Média, o termo foi abreviado para Qo. A letra “Q” era escrita sobre o “o”, transformando-se aos poucos no ponto de interrogação como conhecemos hoje.

O gráfico inglês Henry Denham inventou na década de 1580 o ponto de pergunta retórica. Era uma interrogação como conhecemos hoje, só que espelhada. Ela devia ser usada logo após qualquer pergunta que não necessariamente espera uma resposta. O sinal não fez sucesso e parou de ser usado já no século seguinte.

Graficamente idêntico ao sinal inventado por Denham existe também um sinal gráfico bem curioso: o sinal de ironia. Foi inventado pelo poeta francês Alcanter de Brahm no século 19.  Era colocado no final de frases que continham sarcasmo e precisavam ser bem interpretadas.

Bem mais recente é o sinal chamado pelo americano Martin K. Speckter de “Interrobang”. Em 1962, ele pensou que seria ótimo se as perguntas feitas com surpresa fossem identificadas com um único sinal, em vez dos tradicionais “!?” e “?!”. O símbolo mistura os dois pontos. Não foi um sucesso, mas ainda pode ser usado no Windows. É só apertar os números 8253 segurando a tecla ALT.

Veja também todas as participações do professor Deonísio da Silva e inscreva-se no canal do Guia dos Curiosos no YouTube.